Em jogão, Fla vence o freguês com dois de Alecsandro.

Compartilhe esta notícia

UOL – O Flamengo venceu o Vasco por 2 a 1, no
Maracanã. O clássico deste domingo ocorreu debaixo de um temporal fortíssimo,
que chegou a paralisar o duelo por 50 minutos. Além disso, o Rubro-negro
ampliou para dez jogos o período de invencibilidade sobre o rival diante de
56.020 torcedores, o que representou um recorde de público no Brasil em 2015.

Alecsandro marcou os dois gols do Flamengo. O
primeiro após falha de Martín SIlva, traído por uma poça, que prendeu a bola e
ajudou o atacante. Gilberto descontou para o Vasco.
Com o resultado, o Vasco, 26 pontos, cai para
quarto e perde a liderança do Carioca para o Botafogo, com 28. O Flamengo, por
sua vez, pula para a 3ª posição, com os mesmos 26.
Fases do
jogo:

A partida começou com muita vontade de ambos os lados. Flamengo e Vasco
mostravam disposição em cada lance. Com forte chuva que assolou o Rio de
Janeiro, as disputas ficaram tensas, com entradas fortes. Em menos de 20min,
três cartões amarelos foram distribuídos. Com o passar do tempo, o gramado
apresentou poças e uma delas foi determinante.
Aos 17min, Martín Silva estava com a bola nas
mãos e arremessou para Rodrigo, mas não contava que a poça impediria o passe.
Alecsandro mostrou esperteza, se antecipou e finalizou para abrir o placar: 1 a
0. A chuva piorou ainda mais e o gramado que antes estava ruim, ficou sem
condições de receber uma partida.
As equipes foram para os vestiários aguardar
uma decisão. Caso a partida fosse adiada, o duelo recomeçaria por completo,
anulando a vantagem do Flamengo. Por conta disso, o Rubro-negro pressionou para
a sequência do duelo, enquanto o Vasco era favorável a uma nova data. A chuva,
no entanto, cessou após 50min de paralisação e o gramado voltou a ficar em
condições de a bola rolar.
E o Vasco voltou sem Dagoberto, substituído por
Bernardo, que deu mais agressividade à equipe. Ofensivo, o Cruzmaltino chegou
ao empate aos 27min. Bernardo cobrou escanteio, Julio dos Santos desviou e
Gilberto completou. Paulo Victor ainda fez grande defesa, mas a bola já havia
entrado: 1 a 1. A partir do empate, o Flamengo até tentou voltar a frente, mas
a partida ficou equilibrada até o fim da etapa inicial.
Com Everton na vaga de Gabriel, as equipes
voltaram do intervalo. E o Flamengo mostrou ao que veio logo no início. Marcelo
Cirino fez grande jogada individual e só parou dentro da área, ao ser derrubado
por Guiñazu. Pênalti convertido por Alecsandro, que marcou seu segundo no jogo:
2 a 1.
O jogo ficou tenso em seguida. Bernardo não
gostou de falta cometida por Paulinho e partiu para cima do apoiador. Anderson
pico reagiu e deu empurrão no vascaíno, criando briga generalizada. O árbitro
esperou os ânimos se acalmarem e expulsou quatro jogadores: Bernardo, Guiñazu,
Paulinho e Anderson Pico.
O melhor: Alecsandro – o
atacante do Flamengo decidiu o clássico ao marcar dois gols. A esperteza
demonstrada no primeiro foi determinante para o enredo da partida. Foi
substituído por Paulinho no segundo tempo
O pior: Serginho – volante do
Vasco foi facilmente envolvido por Marcelo Cirino no lance do segundo gol do
Flamengo. Isso foi, inclusive, determinante para sua sequência no jogo, já que
foi substituído em seguido.
Chave do
jogo:

A velocidade do ataque do Flamengo fez a diferença. no segundo tempo,
Luxemburgo lançou Everton e ficou com time muito veloz. Desta forma conseguiu
voltar a frente no placar e comandar o restante do duelo.
Para
lembrar:

Romário ficou em cima do muro e entrou em campo neste domingo junto com o
atleta dos dois times. O detalhe foi que o ex-jogador estava vestido com uma
camisa com metade do uniforme do Flamengo e a outra metade com o do Vasco.
Drible: dúvida para a partida,
Luan apareceu na lista de escalação divulgada pelo Vasco 40 minutos antes do
jogo iniciar. O zagueiro, no entanto, não ficou nem no banco de reservas.
FICHA
TÉCNICA
FLAMENGO 2
X 1 VASCO
Local: Maracanã, no Rio de
Janeiro (RJ)
Árbitro: João Batista de
Arruda
Auxiliares: Wagner de Almeida
Santos e Jackson Lourenço Massara dos Santos
Público e
renda:

pagantes: 51.085 | Presentes: 56.020 | Renda: 2.543.220,00
Cartões
amarelos:

Marcelo Cirino, Canteros, Alecsandro, Cáceres e Everton (FLA) Serginho,
Gilberto e Rodrigo (VAS)
Cartões
vermelho
:
Paulinho e Anderson Pico (FLA) Bernardo e Guiñazu (VAS)
Gols: Alecsandro, aos
17min, e Gilberto, aos 28min do primeiro tempo; Alecsandro, aos 6min do segundo
tempo.
Flamengo
Paulo Victor; Pará, Wallace, Bressan e Anderson
Pico; Jonas (Cáceres), Márcio Araújo e Canteros; Gabriel (Everton), Alecsandro
e Marcelo Cirino
Técnico: Vanderlei Luxemburgo
Vasco
Martín Silva; Madson, Anderson Salles, Rodrigo
e Christiano; Serginho (Thalles), Guiñazu, Julio dos Santos e Jhon Cley (Yago);
Dagoberto (Bernardo) e Gilberto

Técnico: Doriva

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here