Lance destaca Luxemburgo, Cirino e Alecsandro em clássico.

Compartilhe esta notícia

Lancenet – FLAMENGO

6,5
Paulo
Victor
Sempre seguro e preciso nas bolas aéreas, não
teve culpa no gol, que ainda quase evitou.
4,5
Pará
Posicionou-se mal e deixou generosos espaços
atrás. Na frente, errou praticamente todos os cruzamentos.
6,5
Bressan
Começou mal posicionado e foi crescendo durante
o jogo. Terminou atuando com segurança.
6,5
Wallace
No mesmo nível do companheiro de zaga. Não
descolou dos atacantes vascaínos.
5,5
Anderson
Pico
Teve espaços para subir, facilitado pelas
avançadas do vascaíno Madson, mas não produziu o desejável.
Jonas
Ficou em campo apenas 21 minutos. Teve sua
atuação prejudicada pelo temporal que alagou o Rio de Janeiro.
6,5
Canteros
Deu boa proteção à zaga e ainda encontrou
espaços para ir ao ataque. Perdeu gol fácil
6,0
Márcio
Araújo
Dos três volantes rubro-negros, foi o que mais
apareceu, com boa distribuição de passes.
5,5
Gabriel
Franzino, sentiu o fato de o gramado estar
muito pesado e esteve lento. Cansou e foi substituído por Everton.
7,0
Marcelo
Cirino
Sempre muito perigoso na velocidade, além de
bom jogo sofreu o pênalti convertido por Alecsandro.
7,5
Alecsandro
Se em alguns momentos falta técnica, sobra
oportunismo ao atacante. Marcar dois gols em clássico não é para qualquer um.
5,5
Cáceres
Entrou no lugar de Jonas, ainda no primeiro
tempo, e manteve a boa proteção aos zagueiros.
6,5
Everton
Entrou em alta velocidade, levando o lado
direito da zaga do Vasco à loucura. De cara, deu logo uma caneta em Madson.
5,5
Paulinho
Entrou no lugar de Alecsandro e fez aumentar
ainda mais a velocidade rubro-negra
7,0
Vanderlei
Luxemburgo
Mandou muito bem nas substituições. Apostou na
velocidade e acertou em cheio. Matou o Vasco
VASCO
3,0
Martin
Silva
Um erro imperdoável, principalmente para um
goleiro de seleção. Sorte que tem crédito com a torcida vascaína.
6,5
Madson
Veloz, não sentiu o gramado pesado e chegou bem
no fundo. Precisa melhorar nos cruzamentos.
6,0
Anderson
Salles
Entrou na fogueira, para substituir Luan, no
clássico, e não comprometeu. Atuação regular.
5,5
Rodrigo
Não atuou com a costumeira segurança. Parecia
nervoso e, talvez por isso, posicionou-se mal em alguns lances.
5,5
Christianno
Se pela direita Madson era boa opção, na
esquerda, Christianno foi lento e frágil, na marcação.
5,5
Guiñazú
Combativo como sempre. Embora abuse da
violência, em alguns lances. Foi atabalhoado no pênalti sobre Marcelo Cirino.
4,5
Serginho
Posicionou-se mal e brigou com a bola em vários
lances. Errou muitos passes, irritando a torcida.
6,5
Julio dos
Santos
Boa visão de jogo e alguns lançamentos
perfeitos. Peca, um pouco, pela lentidão na transição da defesa para o ataque.
6,5
Jhon Cley
Não gozava da simpatia da torcida, mas a cada
partida se firma como um bom distribuidor de jogo para o time vascaíno.
Dagoberto
Ficou em campo só 25 minutos, debaixo de
intenso temporal. Torceu o tornozelo direito e saiu para Bernardo entrar.
6,5
Gilberto
Demorou a marcar, mas, depois que desencantou,
tem gol dele em todo jogo. Ontem não foi diferente
5,5
Bernardo
Embora facilitado pelo fim do temporal, deu
mais velocidade ao time, se comparado a Dagoberto, que saiu lesionado.
4,0
Thalles
Entrou na vaga de Serginho para aumentar o
poder de fogo vascaíno, mas não colocou em prática o que lhe foi pedido.
5,0
Yago
Entrou quando faltava pouco para o fim do jogo
para dar mais velocidade ao time e não conseguiu
5,0
Doriva
Não pode ser considerado responsável pela
derrota, mas demorou muito para mexer.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here