Luxemburgo está confiante na absolvição no TJD-RJ.

Compartilhe esta notícia

O Globo – O técnico Vanderlei Luxemburgo comandou os dois últimos jogos do
Flamengo da beira de campo graças a um efeito suspensivo. Nesta segunda-feira,
no entanto, ele terá de enfrentar o Tribunal de Justiça Desportiva (TJD-RJ),
que irá julgá-lo por fazer críticas à Federação de Futebol do Rio de Janeiro.
Como são vários artigos incluídos na denúncia da Procuradoria do órgão, o
treinador pode ser punido por até 960 dias, e multas de R$ 300 mil, no total.

A
polêmica começou na última terça-feira quando o treinador, em entrevista no
Ninho do Urubu, disse que a “Federação era contra o futebol carioca”. Em
seguida, afirmou que “tem que dar porrada na Federação. Vou impedir o Bressan
de ser convocado para a seleção olímpica? A Federação quer que só tenha cinco
jogadores juniores inscritos”.

Por esta última afirmação, ele foi denunciado no
artigo 35 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva (CBDJ), quando há pedido
de suspensão preventiva diante da gravidade do ato ou do fato da infração.

O
treinador mostrou-se tranquilo ao comentar o caso. Ele está confiante na sua
absolvição.

– Acho
que não tem motivos para eu eu ser condenado. Não existe motivo, não sou eu que
estou falando. Todas as pessoas do futebol entenderam o que falei ali. Se eles
quiserem me punir, não posso fazer nada. Todo mundo interpretou o que quis falar,
menos quem fez a denúncia – disse o técnico.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here