Luxemburgo já se preocupa com desfalques.

Compartilhe esta notícia
O Globo – A vitória por 2 a 1 sobre o Vasco
manteve o Flamengo forte na briga pela vaga na semifinal do Carioca: a quatro
jogos para o fim da fase de classificação, o time é o terceiro colocado, com 26
pontos, dois a menos que o líder Botafogo. Mas nem dá para comemorar muito.
Quarta-feira, o rubro-negro terá cinco desfalques contra o Bangu, novamente no
Maracanã. Quatro jogadores estão suspensos (Wallace, Canteros, Anderson Pico e
Paulinho), e Cáceres foi convocado para a seleção paraguaia. Sem três jogadores
do sistema defensivo, o técnico Vanderlei Luxemburgo terá de quebrar a cabeça
para escalar o time na 12ª rodada.
— Vou começar a ver isso no treino de amanhã
(hoje). Tenho o Frauches e o Marcelo para a zaga, tem o Luiz Antônio, vamos ver
— disse ele.
Luxemburgo deixou o Maracanã satisfeito neste
domingo, não apenas com a vitória por 2 a 1 sobre o Vasco mas também com todo o
ambiente que envolveu o clássico no Maracanã: 56 mil torcedores, nenhuma
confusão na arquibancada, e um adversário que valorizou o resultado.
— Foi um grande jogo, legal ver 56 mil pessoas
no Maracanã. O Vasco da Gama voltou a estar brigando no futebol carioca, e isso
é bom, mas o importante é que o Flamengo ganhou — comemorou o treinador
rubro-negro.
O treinador elogiou a atuação do juiz João
Batista de Arruda, que expulsou dois rubro-negros (Paulinho e Anderson Pico) e
dois vascaínos (Bernardo e Guiñazú).
— As expulsões foram corretas, o árbitro apitou
o que tinha que apitar. Paulinho mereceu a expulsão, e o Pico chegou
atropelando os caras, do nada. Já tinha feito isso em um Gre-Nal e eu chamei a
atenção dele na época.
Luxemburgo admitiu que o Vasco foi melhor no primeiro
tempo, quando o jogo foi interrompido pela chuva.

— No primeiro tempo, não tinha campo para
jogar. No segundo tempo, botei o Éverton. Foi um risco, porque ele vem de lesão
e o campo estava pesado, mas deu certo. Quando dá certo, todo mundo fica feliz.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here