Wallace prega tranquilidade contra o Vasco: “É mais um jogo.”

Compartilhe esta notícia
Globo Esporte – Um jogo especial, sim, mas nada
de campeonato à parte ou decisão antecipada. No Flamengo, o duelo com o Vasco,
domingo, às 18h30m (de Brasília), no Maracanã, pela 11ª rodada do Campeonato
Carioca, está sendo encarado com naturalidade. Ignorado nos microfones até o
duelo com o Brasil de Pelotas, quarta-feira, o jogo mobiliza os rubro-negros,
que esgotaram antecipadamente o setor lhe é destinado no estádio. Wallace, por
sua vez, evita criar um clima pesado para o duelo e lembra: de nada valerá
vencer o maior rival e não ser campeão depois.
– No clube, está tudo muito tranquilo. É mais
um jogo. Não adianta ganhar o Vasco e não ganhar a Taça Guanabara. É mais um
jogo que queremos somar pontos. Na rua, o torcedor cobra por causa da
rivalidade, do histórico. Até porque, o cara quer zoar o amigo.
O capitão rubro-negro não nega que a
expectativa para um duelo deste porte é diferente e revela até mesmo uma
preocupação em não ultrapassar os limites nos minutos iniciais. Por mais que
exista o discurso de que não “somente mais três pontos”, o zagueiro
sabe que um revés não será digerido com naturalidade pelo torcedor.
– Sabemos que temos que ter muito cuidado.
Nesses jogos, mais do que a razão, entra a emoção também. É preciso ter cuidado
até na parte psicológica para não entrar mais forte, inflamar o torcedor. É
diferente para todo mundo, há a rivalidade. Alguns torcedores nos param na rua
e falam: “Para o Vasco não pode perder”.
Por fim, Wallace definiu o duelo entre
flamenguistas e cruzmaltinos como o mais importante do futebol carioca e vê o
jogo deste domingo como ainda mais interessante depois do retorno de Eurico
Miranda ao time de São Januário.
– Acredito que seja um dos maiores clássicos do
país. Flamengo e Vasco tem uma história quase que centenária. Desde sempre há
essa rivalidade. Talvez seja o clássico que ficou mais em evidência nos últimos
anos, até pela volta do Eurico.

Com 23 pontos, o Flamengo é o terceiro colocado
no Campeonato Carioca, mas pode terminar a rodada na liderança. Para isso,
precisa derrotar o líder Vasco e torcer por um tropeço do Botafogo diante da
Cabofriense, em Macaé.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here