Defesa do Fla é a pior desde 2005; ataque não marca há 5 jogos

13

UOL.COM – Mal dentro e fora de campo. Este é
o Flamengo
no fim da temporada 2015. A má fase da equipe carioca ficou ainda mais evidente
depois da apática derrota por 3 a 0 para o Atlético-PR no último domingo, na
Arena da Baixada, a ponto de o técnico Jayme de Almeida se dizer envergonhado
pelo revés. E o resultado ainda trouxe outros pontos negativos para o Fla.
Foi o quinto jogo consecutivo que o ataque do
Flamengo
não balançou as redes adversárias atuando como visitante no Campeonato
Brasileiro. Após marcar um gol solitário na derrota de 4 a 1 para o
Atlético-MG, dia 20 de setembro, o time carioca passou em branco contra
Figueirense (3 a 0), Corinthians (1 a 0), Grêmio (2 a 0), Santos (0 a 0) e
Atlético-PR (3 a 0).
Os três gols sofridos no último domingo ainda
deram ao Flamengo
uma marca negativa que não era ‘superada’ desde 2005, quando sofreu 60 gols no
Campeonato Brasileiro do ano. Nos anos seguintes, o time carioca jamais havia
levado mais de 51 gols, número que ainda pode aumentar na última rodada – o Fla
encara o Palmeiras no Maracanã, no próximo domingo.
Em 2006, o 11º colocado Flamengo parou nos 48 gols sofridos.
Em 2007, quando ficou com o terceiro lugar, teve sua rede balançada em 49
oportunidades. No ano seguinte, quando terminou em quinto, voltou a sofrer 48
gols. Já em 2009, ano do título, levou apenas 44. Foi se mantendo na ‘casa dos
40’ até mesmo em 2013, quando quase caiu (ficou em 16º) e sofreu 46.
No ano passado, teve a defesa vazada 46
vezes, mas neste ano se superou, ao levar três do Atlético-PR e chegar à ‘casa
dos 50’, algo que não conseguia desde 2005.
Veja o nº de gols sofridos pelo Fla no
Brasileiro desde 2005:
2005 – 60 gols sofridos
2006 – 48 gols sofridos
2007 – 49 gols sofridos
2008 – 48 gols sofridos
2009 – 44 gols sofridos
2010 – 44 gols sofridos
2011 – 47 gols sofridos
2012 – 46 gols sofridos
2013 – 46 gols sofridos
2014 – 47 gols sofridos
2015 – 51 gols sofridos *

* até a 37ª rodada

COMENTÁRIOS: