Flamengo já não briga por mais nada no Brasileirão 2015.

14
GLOBO
ESPORTE – Com o título assegurado no meio da semana para o Corinthians, o que
há de mais interessante nesta reta final do Brasileirão 2015 é a disputa pela
quarta vaga no G-4 e a briga contra o rebaixamento. E os maiores vencedores da
rodada são, na parte de cima, o Internacional, que com a vitória no Gre-Nal viu
suas chances de classificação para a Libertadores subirem para 33%, e, na parte
de baixo, o Coritiba, que só tem 24% de possibilidade de cair. Os dados são do
matemático Tristão Garcia, do Infobola.
O
São Paulo, mesmo goleado impiedosamente pelo Timão por 6 a 1, só viu reduzir
suas chances de ficar com a vaga do G-4 de 53% para 51%. O Santos, que deixou
escapar a oportunidade de ficar em quarto lugar ao ser derrotado pelo Coxa,
agora só tem 15% de possibilidades de ser o quarto colocado. Nas duas últimas
rodadas, o time vai encarar dois adversários que brigam para não cair: o
Figueirense, no Morumbi, e o Goiás, no Serra Dourada. Corinthians e Atlético-MG
já está garantidos no torneio continental. O Grêmio está muito perto de
assegurar a sua vaga, com 99% de probabilidade.
Na
luta para escapar do Z-4, o Joinville está matematicamente rebaixado após a
derrota em casa para o Vasco por 2 a 1, enquanto o Avaí, que perdeu para o
Fluminense por 3 a 1 e entrou na zona da degola, ocupando a 17ª posição, com 38
pontos, tem 70% de chances de cair para a Série B em 2016.
Inter
reage na briga pelo G-4
Enquanto
o Corinthians trucidava o São Paulo com time reserva, o Inter vencia o Gre-Nal
no Beira-Rio e deixava o torcedor colorado duplamente feliz. Primeiro pela
vitória sobre o maior rival, que o goleara no primeiro turno por 5 a 0. Segundo
porque, com a derrota do São Paulo, o time empatou em pontos (56) com o
Tricolor Paulista. E agora aumentou as chances de obter a quarta vaga para a
Libertadores de 13% na rodada anterior para 33%. Nas duas últimas rodadas, a
equipe gaúcha vai encarar o Flu, no Maracanã, e depois recebe o Cruzeiro.
O
Santos diminuiu suas possibilidades ao ser derrotado pelo Coritiba por 1 a 0 no
Couto Pereira, permanecendo com 55 pontos. Ultrapassado pelo Inter, que foi a
56, viu suas chances de conseguir a classificação para a Libertadores caírem de
26% para 15% – mas o Peixe decide a Copa do Brasil contra o Palmeiras e pode se
classificar para a competição sul-americana se conquistar o título. O empate
por 1 a 1 com a Ponte Preta reduziu a zero as chances do Flamengo em obter a
quarta vaga. Segundo Tristão Garcia, embora a Macaca ainda possa conseguir
matematicamente a classificação para a Libertadores, as chances são
desprezíveis.
Por
sua vez, o Sport, que empatou por 0 a 0 com o Atlético-PR, e o Cruzeiro, que
ficou no empate com o Palmeiras por 1 a 1, em São Paulo, ainda têm 1% de
possibilidades. No domingo, a Raposa recebe o Joinville, às 17h, já sabendo se
ainda briga por vaga na Libertadores ou se está definitivamente fora da
disputa, pois São Paulo e Internacional jogam no sábado contra Figueirense e
Fluminense, respectivamente. Caso um dos dois vença acaba a chance de o time
Celeste chegar à Liberta. O Sport, que encara o Corinthians também no domingo,
às 17h, na Arena Pernambuco, vive a mesma situação por causa do menor número de
vitórias ao longo do Brasileirão. Faltando duas rodadas, o Leão tem 13 triunfos
contra 16 do Tricolor Paulista e do Colorado.
Coxa
reduz chances de cair
O Coritiba
conquistou importante vitória sobre o Santos por 1 a 0, no Couto Pereira. Com o
resultado, o Coxa chegou aos 40 pontos e, em 15º lugar, reduziu suas chances
cair de 50% para 24%. Empatado em pontos, mas uma posição abaixo, o Figueirense
também tem 24% de ser rebaixado após o empate por 0 a 0 com a Chapecoense.
Pouco depois vem o Avaí (70%), após a derrota para o Fluminense. O Vasco, mesmo
vencendo o Joinville fora, ainda corre muito risco de ser rebaixado – os
números caíram de 94% para 87%. O Joinville está rebaixado, e o Goiás tem 95%
de chances de cair.

COMENTÁRIOS: