José Neto faz balanço sobre o Flamengo na temporada.

13
GARRAFÃO
RUBRO-NEGRO – O entrosamento a cada jogo melhora. O blog Garrafão Rubro-Negro
conversou com o técnico José Neto que abordou detalhes da equipe nesse momento
da temporada, de início de mais uma disputa do Novo Basquete Brasil, a sua
oitava edição.
O
garrafão rubro-negro dessa temporada comparado com a anterior
“Prefiro
falar dessa temporada. O da temporada anterior já acabou já, o que tínhamos da
temporada passada já está no museu do Flamengo. Isso tem que ficar lá e vai
ficar, pois quando conquistamos um título, ninguém tira. Nós temos um garrafão
forte hoje. Um garrafão condizente com a necessidade que a equipe precisa para
essa temporada e podermos ganhar as competições que iremos disputar como o NBB
e a Liga das Américas.”
A eficiência de JP Batista
“Como
o JP Batista estava muito ausente do Brasil, as pessoas só viam ele jogar
quando ele era convocado para a seleção brasileira. E o JP já vinha
conquistando títulos fora do Brasil há muito tempo. Quase levou a equipe de
Gonzaga a disputar o Final Four. E na França foi campeão francês.  Nós sabíamos do potencial que ele tinha para
poder ajudar a equipe a conquistar seus objetivos nessa temporada. ”
O crescimento do time nas assistências
“Quando
acabou o jogo contra Franca, eu vi que o time deu 21 assistências. É um time
que consegue jogar bem, passar a bola, sem muito egoísmo e tem o prazer de
servir o outro. E contra o Rio Claro, conseguimos 26 assistências. O mais
difícil é manter isso. E a gente precisa dessa consistência para chegarmos
aonde queremos chegar nessa temporada.”
O entrosamento da equipe
“O
entrosamento da equipe está melhor. Mas está longe daquilo que precisamos da
equipe, pois sabemos a capacidade que esse time pode alcançar na temporada. As
vezes vemos eles fazendo as jogadas bem-feitas e é muito pela capacidade dos
jogadores. São jogadores inteligentes e capazes de fazer um bom jogo coletivo.
A tendência é a equipe melhorar e evoluir a cada jogo.”

COMENTÁRIOS: