Pratas da casa encerram 2015 com mais moral que Sheik e Guerrero no Fla

28
UOL FUTEBOL – Faltam apenas dois jogos para o
Flamengo
encerrar a melancólica temporada de 2015. Após os fracassos nas competições
disputadas, o Rubro-negro viu poucos
nomes se destacarem. As grandes contratações até tiveram bons momentos, mas
foram superadas por dois pratas da casa, que terminam o ano com mais moral com
a torcida que as duas estrelas do time.
O atacante Kayke e o lateral Jorge
se saíram bem e deixaram para trás qualquer pessimismo manifestado quando
ganharam espaço no elenco. O primeiro foi contratado para ser o reserva direto
de Guerrero, mas se saiu melhor do
que a encomenda.
Formado na base do clube, Kayke estava no ABC-RN e marcou 24 gols
na temporada – seis com a camisa rubro-negra. O atacante superou os badalados Guerrero e Sheik. Inclusive, parte da torcida chegou a cobrar a presença
constante do jogador de 27 anos entre os titulares.
Ele iniciará 2016 com moral, o mesmo panorama
do lateral esquerdo Jorge. Aos 19
anos, o jogador foi a principal surpresa do ano. Assumiu a titularidade e
colocou Anderson Pico e Armero no banco de reservas.

Jorge marcou um gol em 24
partidas. O suficiente para que o Flamengo renovasse o seu contrato até 2019.
Ele é a principal promessa do clube e visto como garantia de lucro em futuras
negociações.

Em um ano no qual o
Flamengo investiu em nomes de peso, os “meninos da Gávea” saíram
fortalecidos e estão ao lado da torcida em um momento no qual a paciência será
fundamental para a reestruturação.

COMENTÁRIOS: