Usa os garotos da Base nessa reta final, Oswaldo!

5
PRIMEIRO
PENTA – Há algumas coisas que eu não consigo entender no futebol. Dentre as
coisas que não consigo entender é porque o Flamengo não consegue aproveitar os
jogadores que vem da base no time titular. 
Podemos colocar a culpa no trabalho ruim dos profissionais da base, na
falta da paciência da torcida e até na conta de dirigentes que não conseguem
achar o tempo certo de negociar esses jogadores.  Porém, acho que o objetivo do Flamengo não é
mais o famoso ‘craque o flamengo faz em casa’. 
Acho isso pelas contratações que aconteceram no passado recente e pela
forma dos técnicos lidarem com esses garotos da base.
Estamos
na fase final do Brasileirão e sem chance para classificação de nada. Em vez do
técnico usar garotos para amadurece-los no profissional, continua usando
jogadores que foram afastados e reintegrados, jogadores que saem no intervalo
de jogo comemorativo e não estão nem aí para o que acontece no clube.
Eu
não consigo acreditar, por exemplo, que a performance do Matheus Sávio, acima,
não seria melhor do que a do Paulinho, entrando no segundo tempo.
Como
não ter dúvida se com a mudança de esquema de jogo podendo-se utilizar o
Douglas Baggio como opção de ataque não traria uma melhora que não levasse o
Flamengo a derrotas seguidas.
Eu
fico imaginando se estaríamos a mercê de Armero e Anderson Pico se não
tivéssemos um técnico que teve a coragem de testar o Jorge na lateral esquerda.
Esses
três exemplos são recentes, só para termos uma ideia do que expus no primeiro
parágrafo. Poderia citar que o Bruninho, que foi contratado e já saiu do
Flamengo, não é melhor do que o Thomas. Que o Diego Silva não é melhor do que o
Recife, por exemplo.
Nessa
reta final do Brasileiro, bem que o Oswaldo poderia usar e abusar dos garotos
da base. Além de dar moral e rodagem para eles, motiva para o próximo ano.
Saudações!

COMENTÁRIOS: