Após anos no negativo, Flamengo projeta terminar 2016 com ‘alívio’ nos cofres

11

ESPN – Mal começou o planejamento para 2016,
e o Flamengo
já colhe os frutos do novo modelo de gestão. De acordo com o orçamento
recém-aprovado pelo Conselho de Administração, pela primeira vez nos últimos
anos, o clube da Gávea terá um faturamento
maior do que a dívida atual
. Na projeção, o Profut e o novo compromisso com
os direitos de transmissão surgem como fatores diferenciais para a ‘nova
realidade’ do time carioca.
Segundo a demonstração exposta, o Flamengo
contará com uma receita bruta de pouco mais de R$ 419 milhões, acima da atual dívida, calculada em R$ 408 milhões. Como grau de
comparação, neste ano, o clube rubro-negro faturou aproximadamente R$ 350 mi, enquanto a dívida terminou
em R$ 463 mi.
A projeção da menor dívida deve-se ao Profut.
Nos cálculos do Flamengo, a Medida Provisória, que renegocia a dívida dos
clubes, abaterá até R$ 88 milhões dos
cofres rubro-negros no ano que vem
.
Das dívidas, o Flamengo projeta terminar o
ano com R$ 408 milhões a pagar,
divididos em: empréstimos (R$ 105
milhões)
, impostos e contribuições sociais (R$ 288 mi), provisão para contingências (R$ 344 mi) e ‘outras despesas’ (R$ 14 mi).
Fora o perdão das dívidas federais com o
Profut, o Flamengo
faturará uma fatia recorde dos direitos de televisão. O novo contrato dos
clubes com a Rede Globo, detentora da transmissão do Campeonato Brasileiro,
elevará ainda mais o patamar da equipe e do Corinthians, os dois times mais populares
do país e maiores beneficiários do compromisso que durará até o ano de 2020.
Nos cálculos do Flamengo, contando Brasileiro, Copa
do Brasil, Campeonato Carioca e Publicidade Estática, os cofres serão
reforçados com mais R$ 197 milhões,
ou o equivalente a 47% da distribuição de receitas no ano de 2016. O cálculo
inicial não conta o dinheiro recebido pelos clubes pelo pay-per-view; ou seja,
este número deve aumentar até o final do ano que vem.

Os números animadores resultam em maior
velocidade no gasto. Tanto que, ainda em dezembro, o Flamengo já iniciou o planejamento
para 2016: o clube anunciou Muricy Ramalho como novo treinador, tirou o volante
Willian Arão do rival Botafogo, trouxe Juan de volta e o lateral direito
Rodinei, destaque do Brasileiro de 2015 pela Ponte Preta, e ainda projeta a
chegada de um ‘grande reforço’ para a temporada do ano que vem.

COMENTÁRIOS: