Bandeira confirma Muricy e arrisca: “Acho que se encantou com o Fla”

15

GE – O acerto já estava feito, mas faltava a
confirmação do novo presidente para que Muricy
Ramalho
fosse efetivado com o treinador do Flamengo para 2016. Não falta mais.
Após o fim da eleição realizada na Gávea durante esta segunda-feira, a Chapa
Azul de Eduardo Bandeira de Mello
comemorou a vitória com o anúncio de Muricy.
Ainda adiantou que muito provavelmente o técnico será apresentado nesta
terça-feira, na Gávea.
– Vamos apresentar o Muricy provavelmente hoje (terça-feira). É superar obstáculos e
montar o futebol que o Flamengo merece. Trabalhamos para fazer um time
mais forte. Estamos trabalhando nisso. Muricy
é um excelente profissional. Acho que o Muricy
se encantou pelo Flamengo. Estamos trabalhando por reforços de peso. Ficamos
devendo no futebol, porque antes tínhamos que recuperar a credibilidade –
afirmou Eduardo Bandeira de Mello.
Horas antes de a vitória azul ser
consolidada, Muricy Ramalho falou pela primeira vez como treinador do Flamengo, durante a premiação Bola de Prata. O
técnico destacou a política de austeridade financeira da atual diretoria e,
mesmo ciente das condições do Ninho do Urubu, prontificou-se a ajudar na
melhoria do centro de treinamentos.
– O Flamengo não atrasou salário nenhum dia esse ano.
A parte administrativa está estruturada, a parte da dívida está estruturada. O
clube está pronto para crescer. Me falaram que a estrutura do CT não é boa, mas
nós vamos melhorar isso. Com certeza o Flamengo em pouco tempo será fortíssimo em termos
de estrutura e títulos. O Flamengo é grande, quem não quer dirigir o Flamengo?
Por isso que aceitei esse desafio. É um gigante do futebol mundial, tem uma
gestão profissional e muito séria. Um time forte em títulos e também na sua
estrutura, que chamou a minha atenção. É também um lugar para o qual vou poder
colaborar.
O ex-são-paulino ainda garantiu ter recebido
ofertas mais vantajosas financeiramente, porém o fato de encarar Flamengo
como um objetivo profissional o fez colocar o dinheiro em segundo plano.
– O meu pensamento é o mesmo da gestão, é o
de melhorar, é o de unificar as categorias da base ao profissional. A distância
para o time de cima não pode continuar como está. Tinha outros convites
melhores financeiros, mas estou numa fase que quero desafios. As pessoas que
estão lá me convenceram que era a melhor alternativa

Muricy
Ramalho

tem 60 anos e é tetracampeão brasileiro (três com o São Paulo e uma com o
Fluminense) e campeão da Libertadores com o Santos. Deixou o São Paulo no
início deste ano, devido a um problema de saúde e aproveitou o período para
estudar, inclusive na Espanha.

COMENTÁRIOS: