Fla quer meia, goleiro e zagueiro até o fim de janeiro

19

GE – A movimentação do Flamengo no mercado de
transferências provoca ansiedade e certa impaciência em torcedores, e cobranças
por nomes de peso se acumulam nas redes sociais. Novo vice-presidente de
futebol do Flamengo,
Flavio Godinho, que já atuava como
homem forte do departamento desde o período eleitoral da Gávea, evita dar
prazos e comentar nomes da corrida por jogadores neste início se temporada.
Certeza, com tom de promessa, apenas uma: segundo o dirigente, o Flamengo
vai a campo em 2016 mais forte. O prazo ideal para as contratações, segundo Godinho, só expira nos últimos dias de
janeiro. Confira bate-bola com o dirigente abaixo:
O que
tanto atrasa o anúncio do goleiro Alex Muralha, já acertado com o Flamengo. Há
chance de novidades positivas até o dia 31 de dezembro?
Godinho: Se o Figueirense der o OK até lá,
sim. Sem o “de acordo” deles, nada será feito.
Ainda
há chance de o meia Mancuello acertar com o Flamengo? Um dirigente do
Independiente disse ao GloboEsporte.com que a negociação esfriou. Buscam também
um zagueiro argentino?
Mancuello para o meio e outro zagueiro
argentino são algumas das possibilidades que estamos trabalhando. Nossa meta é
concluir as negociações de reforços para a zaga e meio-campo até o fim de
janeiro. O que fica difícil de antecipar é o tempo da negociação, que não está
sob nosso controle.
E o
defensor argentino é um top de linha ou trata-se de aposta?
O argentino é só uma das três alternativas em
que estamos trabalhando. A diferença em relação ao Muralha, Henrique e
Mancuello é que a informação vazou. Como o futebol é dinâmico, não adianta nada
você acertar verbalmente o contrato com o jogador e clube e não assinar o
contrato definitivo. Nas contratações e no campo o “se” e o
“quase” não jogam. Uma coisa é certa, seguiremos qualificando o
elenco, só não dá para antecipar se o anúncio se dará na primeira ou última
semana de janeiro.
O
Flamengo desistiu de contratar o zagueiro Henrique (do Napoli)?

Já li na imprensa que o Fluminense já tinha
fechado o negócio. Hoje, no GloboEsporte.com saiu que o Grêmio tinha voltado
para a negociação com “força total”. Quem está certo?

COMENTÁRIOS: