No aguardo do novo técnico, barca do Fla já está pronta para zarpar

11

GE – Não há tempo para lamentar mais uma
melancólica despedida de Campeonato Brasileiro. O presidente Eduardo Bandeira de Mello, favorito a
manter-se no cargo, terá grande desafio caso saia vencedor do pleito: montar um
time que coloque o Flamengo de 2016 nas cabeças da principal
competição nacional. Como mandatário do clube, Bandeira viu o Fla
terminar em 16º, 10º e 12º nos anos de 2013, 2014 e 2015, respectivamente. Caso
vença a eleição marcada para esta segunda-feira, seus comandantes do futebol,
Flávio Godinho (vice) e Rodrigo Caetano (diretor executivo), já têm uma lista
de jogadores que sairão: os zagueiros Samir
e Marcelo; os laterais Ayrton (direito) e Armero (esquerdo); os meias Almir
e Everton; além do atacante Paulinho.
Ayrton,
Armero, Marcelo e Almir
, com contrato a vencer no fim de dezembro, não terão
seus respectivos vínculos renovados.
Samir e
Everton

serão responsáveis pelo tão sonhado fluxo de caixa. O zagueiro será vendido à Udinese-ITA e imediatamente emprestado ao
Granada-ESP. Os dois clubes são de propriedade do italiano Giampaolo Pozzo. A
transferência do atleta de 21 anos será finalizada em quatro milhões de euros
(R$ 16,3 milhões). Metade fica com o Flamengo. O meia defenderá o Tianjin Songjiang, da
Segunda Divisão chinesa e dirigido por Vanderlei Luxemburgo. A oferta é de US$
2,5 milhões (R$ 9,4 milhões), e o acerto será sacramentado em breve.
Paulinho é um jogador do qual
a diretoria quer se desfazer. Tem contrato até 2018, mas seu comportamento é
reprovado internamente. O Corinthians já o sondou.
A diretoria do Flamengo já planeja a temporada seguinte e, confiante na vitória,
já pensa o elenco juntamente com Muricy
Ramalho
, que será o treinador em caso de sucesso no pleito de segunda. Muricy pensa em dar uma nova chance a Marcelo Cirino. Flávio Godinho, o novo vice de futebol, aliás, é um dos
entusiastas do futebol de Cirino e concorda em insistir com o atacante.
O volante Márcio Araújo, que tinha sua renovação contratual praticamente
sacramentada pelo comprometimento apresentado nos treinos e jogos, será
reavaliado pelo treinador.
Gabriel
e César podem ser emprestados
Titulares na partida que marcou a despedida
rubro-negra na temporada, o goleiro César e o meia Gabriel podem ser
emprestados. O Flamengo
busca um arqueiro experiente para ser o reserva de Paulo Victor.
O zagueiro Juan, de 35 anos e formado na Gávea, está apalavrado com o Flamengo,
mesma situação em que se encontram o lateral Rodinei, Chiquinho e o
volante Willian Arão, ambos de 23
anos. O caso mais complexo é o de Arão,
porque o Botafogo havia exercido a opção de compra, e o atleta rejeitou a
permanência no clube. Uma novela judicial está apenas no começo. 

COMENTÁRIOS: