Clubes do México não disputarão mais a Libertadores.

6
Gabriel e Luis Montes durante Flamengo x Leon, em 2014 – Foto: Buda Mendes/Getty Images

ESPN: Os
clubes mexicanos estão fora da disputa da Copa Libertadores da América a partir
do ano que vem. A informação foi dada pelo jornalista Jorge Ramos, da ESPN do
México.

Com a
mudança no calendário que foi imposta pela Conmebol para 2017, com as
competições continentais sendo disputadas ao longo do ano, a federação mexicana
decidiu se retirar por incompatibilidade de agenda.
Atualmente,
o país tinha três representantes: o campeão da Supercopa Mexicana e os dois
melhores classificados no torneio Apertura que não se classificaram para a
Champions League da Concacaf.
Essa
saída pode alterar a configuração da Copa Libertadores, pois seriam 44
participantes com a seguinte distribuição: Brasil (sete), Argentina (seis),
Colômbia (cinco), Chile (quatro) Equador (três), Paraguai (três), México
(três), Bolívia (três), Peru (três), Uruguai (três) e Venezuela (três), além do
campeão da Copa Sul-Americana.
O país
disputa o torneio desde 1998, mas nunca foi campeão. O Cruz Azul foi o primeiro
time mexicano a chegar a uma decisão do torneio, mas acabou derrotado pelo Boca
Juniors, em 2001. O Chivas Guadalajara também foi finalista, mas perdeu para o
Internacional, em 2010. Ano passado, o Tigres foi superado na decisão pelo
River Plate.
A
Conmebol ainda não se pronunciou a respeito do que fará com as vagas destinadas
aos clubes mexicanos tanto na Copa Libertadores ou na Copa Sul-Americana.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here