Conheça Felipe Gedoz, jogador especulado no Flamengo e Santos.

25

Seu navegador não suporta este tipo de mídia.

ESPN: O
Santos está muito perto de contratar o meia-atacante Felipe Gedoz, de 23 anos,
que está no Club Brugge, da Bélgica. O jogador só necessita da liberação do
clube para assinar com o time da Vila Belmiro e, enquanto isso: o que o torcedor
do “Peixe” pode esperar do próximo reforço?
Revelado
nas categorias de base do Juventude, o brasileiro nunca jogou profissionalmente
pelo Brasil. Foi no Defensor, do Uruguai, onde ele “explodiu” para o
público ao participar de bela Copa Libertadores de 2014 pela equipe
sul-americana.
O time
da capital Montevidéu entrou quase que como um “azarão” no grupo do
poderoso Cruzeiro, que, mais tarde, se tornaria campeão brasileiro. Nada,
porém, que intimidasse Gedoz.
Ele
destruiu nas duas partidas, tanto na ida, no Uruguai, como na volta, em Minas
Gerais. Primeiro, marcou os dois tentos da vitória do Defensor por 2 a 0. Um
deles, um verdadeiro golaço, de falta, que deixou o goleiro Fábio estatelado no
chão. O outro, em uma grandíssima arrancada após passe de De Arrascaeta, então
seu companheiro de time no Uruguai, e chute preciso.
No
Mineirão lotado, ele foi o responsável por iniciar a improvável reação do
Defensor, quando perdia por 2 a 0. Pela esquerda, ele avançou, tirou Rodrigo
Souza da jogada com o corpo e bateu sem chances para Fábio. O jogo terminou 2 a
2.
Em
toda a Libertadores, em 11 jogos, foram quatro gols e duas assistências.
Contando todo o ano e todas as competições, ele marcou 11 vezes e deu seis
passes a tentos de seus companheiros.
Após o
destaque na América do Sul – e até atrair olhares de equipes brasileiras, como
o próprio Cruzeiro e o seu rival, Atlético-MG -, Gedoz foi parar no Club
Brugge, segundo maior campeão do Campeonato Belga.
E, de
atacante matador, o brasileiro se tornou um verdadeiro “rei das
assistências” em solo europeu. Em sua primeira temporada pelo time da
Bélgica, em 2014/15, ele até chegou a marcar muitos gols (dez), mas melhorou se
número de passes decisivos (também dez).
Na
temporada seguinte, mais dez assistências para a conta de Gedoz, que, desta
vez, marcou apenas um gol – o jogador, então, foi peça importante no título do
Nacional, que não vinha havia 11 anos.
Em
2016/17, o futuro reforço santista não é mais titular absoluto, mas ainda vai
ajudando o Brugge, que ocupa a quarta colocação do Campeonato Belga: ele foi às
redes duas vezes e ainda deu uma assistência.
Além
do baixo custo, pois está em fim de contrato, Gedoz é considerado um atleta
rápido e pode atuar pelos dois lados do campo e até como referência no ataque.
Outro fator importante é a experiência do jogador na Libertadores da América.
Ele
chegaria como segundo reforço do Santos para 2017. O colombiano Vladimir
Hernandez, atacante do Junior Barranquilla, assinou pré-contrato de cinco anos
com a equipe da Baixada.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here