Everton volta e mostra seu valor ao Flamengo.

5
Everton, atacante do Flamengo – Foto: Buda Mendes/Getty Images

LANCE:
Após desfalcar o Flamengo por um mês, Everton voltou ao time em grande estilo,
com direito a gol da vitória por 1 a 0 contra o América-MG. O importante
resultado no Mineirão quebrou um jejum de quatro jogos do Rubro-Negro no
Brasileirão, justamente o período em que o meia ficou fora da equipe por conta
de uma lesão na coxa direita. É exagerado dizer que a falta de resultados
positivos ocorreram só por conta da ausência do jogador. No entanto, é preciso
destacar não só seus bons números, mas também a sua importância para o bom
funcionamento no esquema do Fla e seus bons números na competição.

O meia
é o jogador mais polivalente usado por Zé Ricardo pelas pontas, e taticamente é
essencial para o Rubro-Negro. Ele costuma atuar mais pela esquerda, apoiando o
ataque e também voltando para ajudar na marcação. Porém, Everton ainda aparece
no meio para trocar passes, arrisca dribles e também chega na frente para
finalizar.
Os
números também ajudam a comprovar o valor de Everton para o Flamengo neste
Brasileirão. Com três gols, ele já deu quatro assistências, atrás apenas de
Alan Patrick e Pará neste quesito (ambos têm cinco), e 36 passes para
finalizações. O meia também se destaca na marcação, uma de suas funções, com 37
desarmes, sendo o quarto jogador que mais faz isso no time. Os números são do
site ‘Footstats’.
O
técnico Zé Ricardo gostou do retorno de Everton ao time. Segundo o treinador, a
versatilidade do meia é muito importante para o esquema da equipe.

Everton é bastante versátil, com certeza ajuda bastante todos os setores. É
muito trabalhador, tem identificação muito grande no clube, tem números
interessante e faz de tudo um pouco. Contra o América ele sentiu a falta de
ritmo nitidamente, mas enquanto teve condição física desempenhou seu melhor.
Foi premiado com o gol, na volta dele voltamos a vencer. É um jogador
importante, contamos muito com ele, então ficamos felizes por ter retornado.
Everton
fez o gol contra o time mineiro aos 32 do primeiro tempo, de cabeça, contando
ainda com desvio do defensor. Voltando após um mês fora, o meia acabou pedindo
para sair aos 20 da segunda etapa. Em seu lugar entrou Gabriel.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here