Flamengo busca seu melhor aproveitamento em pontos corridos.

5
Guerrero e Marcelo Cirino em treino do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

EXTRA
GLOBO
: A ansiedade apresentada pelo time do Flamengo nas duas partidas
disputadas no Maracanã, quando não conseguiu nenhuma vitória diante de
Corinthians e Botafogo, é apontada internamente como um dos pontos-chave para a
interrupção da caça ao Palmeiras pela liderança do Campeonato Brasileiro.

Mas o
título é tratado internamente como um sonho possível. A comissão técnica
projeta ao menos disputar com o Santos a segunda colocação, caso o Palmeiras
não tropece contra Atlético-MG e Botafogo. A mobilização que resta no elenco
tem outro incentivo no prêmio pela melhor posição — aproximadamente R$ 10
milhões.
Outra
meta é atingir o recorde do Flamengo na era dos pontos corridos. Com mais duas
vitórias, o time chega a 69 pontos e alcança a melhor pontuação rubro-negra
desde 2006, quando o Campeonato Brasileiro começou a ser disputado no formato
com 20 clubes. Em uma temporada de recuperação, repleta de viagens e sem
estádio no Rio, seria coroar o trabalho.
O
técnico Zé Ricardo aproveita a diminuição da expectativa pelo título para que o
time volte a ter a constância apresentada ao longo do período invicto, até a
derrota para o Internacional.
O
retorno de Everton entre os titulares é uma das novidades para a retomada do
equilíbrio tático. Com a volta dos pontas que estavam em alta — Gabriel é
cotado do outro lado —, os laterais também podem voltar a ter boas atuações.

Sempre buscaremos as vitórias, acreditando nas possibilidades que ainda temos
de ganhar o título. Aqui dentro, não largamos essa competição e contamos com o
apoio do nosso torcedor para continuarmos lutando por esse objetivo — disse
Pará.
O
elenco rubro-negro terá até a partida contra o América-MG, na próxima
quarta-feira, um total de oito treinamentos. A palavra de ordem é evitar a
ansiedade.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here