Flamengo dá show sobre o Campo Mourão e segue 100% no NBB.

4
Jogadores de Basquete do Flamengo comemorando cesta – Foto: Lucas Guanaes

GLOBO
ESPORTE
: Vencer o Flamengo, tetracampeão do Novo Basquete Brasil, já é uma
tarefa complicada. Conseguir isso diante de uma atuação de gala da dupla
Marcelinho e Marquinhos, então, é praticamente impossível. Rival da vez, o
Campo Mourão sentiu isso na pele na noite desta quinta-feira. Atual campeão da
Liga Ouro – divisão de acesso do NBB – o time do Paraná encarou o Rubro-negro
dentro de casa mas não conseguiu evitar a derrota. Marcelinho e Marquinhos,
irretocáveis na linha de três pontos, combinaram para 58 pontos, com 13 bolas
de fora do perímetro, e garantiram a vitória dos cariocas por 90 a 69.

O
triunfo é o quinto na competição e a equipe segue invicta. Já Campo Mourão
conheceu seu segundo revés e tem duas vitórias até então. Na próxima rodada, no
dia 1º, quinta-feira, o Flamengo começa uma série de três jogos em casa. O
primeiro será diante do Liga Sorocabana, às 20h, no Ginásio do Tijuca. Já o
Campo Mourão encara o Macaé, novamente em casa, mas neste sábado, 26, às 16h,
no Ginásio de Esportes Belin Carolo, no interior do Paraná.
Marcelinho
terminou como o cestinha do jogo com 30 pontos. Ele ainda pegou cinco rebotes e
fez seis bolas de três pontos. Marquinhos anotou outros 28, com sete bolas de
três em oito tentadas. Ele pegou cinco rebotes. Fischer deu oito assistências.
Olivinha terminou com 12 pontos e 14 rebotes, um duplo-duplo. Do lado do Campo
Mourão, o destaque foi Betinho, com 20 pontos e cinco assistências. Brown fez
13 pontos; Nunes anotou 12; Pastor fez 11.
DUPLA RESOLVE PARA O FLA

O
primeiro quarto foi de domínio Rubro-negro, que sempre esteve à frente do
placar e não deu tempo do Campo Mourão se adequar ao estilo de jogo do
pentacampeão: 20 a 14. Contando com a mão calibrada de Marquinhos, que anotou
dez pontos na abertura da partida, sendo duas bolas para três, os visitantes
venceram por 26 a 15. Olivinha, com sete pontos, também contribuiu. No Campo
Mourão, Atílio tentava equilibrar as ações, mas o aproveitamento nas bolas de
perímetro era baixo, impossibilitando que o time encostasse no marcador na reta
final do quarto.
Com
Fischer ganhando mais tempo de quadra, o Flamengo manteve a pegada no segundo
quarto. O armador, com quatro assistências, encontrava o caminho para o time da
Gávea pontuar. Na metade do período, o Flamengo vencia por 32 a 22. Vindo do
banco, Pastor chegou aos seis pontos pelo Campo Mourão, e Betinho, em bola de
três, trouxe a diferença para 34 a 25. Ao rodar o banco, o Flamengo descansou
Marquinhos, cestinha com 15 pontos, e viu o campo Mourão colar em 34 a 30. JP
Batista, com nove pontos, tentava retomar a escalada do Fla, mas Leandro, de
três, e Betinho, para dois, fizeram o time da casa virar em 35 a 34. Na última
bola, em lance livre, Olivinha levou a partida igual para o intervalo: 35 a 35.
Apagado
na primeira etapa, Marcelinho voltou com tudo e anotou sete pontos seguidos
para o Flamengo, que voltou a liderar com 42 a 38. Com o time titular em
quadra, o Rubro-negro abriu grande vantagem, colocando 50 a 38 com duas bolas
de três, de Marquinhos e Marcelinho, e outra bola de dois de Fischer, isso tudo
faltando cinco minutos para o fim do período. Após pedido de tempo, Campo
Mourão voltou melhor e Nunes cravou para animar o time da casa. Aos poucos, a
diferença voltou a cair e faltando três minutos o placar tinha 53 a 48 para o
Flamengo. Foi quando Marcelinho voltou a aparecer, chegou aos 25 pontos apenas
neste quarto e recolocou a margem de vantagem dos cariocas: 68 a 55.
Em
arrancada no começo no último período, Betinho e Nunes recolocaram o Campo
Mourão no jogo: 68 a 61. De volta à quadra, Marquinhos fez a diferença de novo
e com bola de três recolocou a vantagem do Flamengo. Imparável, o ala parecia
disputar com Marcelinho quem tinha a mão mais calibrada e acertou outras duas,
abrindo 79 a 64 na metade do último quarto. Juntos, os dois alas do Rubro-negro
combinavam para 52 pontos. Quase 20 pontos atrás, Campo Mourão perdia por 84 a
67. Em mais uma bola de três, Marcelinho colocou 88 a 67, praticamente
garantindo a vitória dos visitantes. No minuto final, o Fla administrou e
fechou em 90 a 69.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here