Flamengo e Fluminense ignoram saídas de Atlético-PR e Coritiba.

7
Eduardo Bandeira de Mello, Presidente do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

ESPN: O
presidente do Fluminense, Peter Siemsen, falou em falta de bom senso da dupla
Atlético-PR e Coritiba, que nesta terça-feira anunciaram que não vão disputar a
segunda edição da Primeira Liga, torneio que reúne clubes da região Sul e
Sudeste.

“O
torneio vai ser mantido e provavelmente outros dois clubes devem ser
convidados. Segue a vida. Acho que deve haver bom senso. Não houve bom senso
mais uma vez por parte do Atlético-PR, que é difícil mesmo. Já encarei isso em
outras vezes”, disse o cartola durante evento do Movimento por um futebol
melhor, nesta terça-feira, em São Paulo.
“Para
construir uma coisa é preciso ceder um pouco”, completou, afirmando que há
a possibilidade de convidar dois novos participantes.
Já o
presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, minimizou a questão. Quando
questionado que um dos motivos alegados pela dupla para desistir do torneio foi
a dificuldade de negociar a divisão de receitas com o clube rubro-negro,
sorriu.
“Cada
um escolhe o que acha melhor. É um direito deles. A divisão de receitas… A
divisão adotada pela Primeira Liga é a mais democrática do Brasil. Nem o
Brasileiro é tão democrático assim. Eles decidiram sair, nos respeitamos. O
campeonato continuará”, disse.
O presidente
do Atlético-MG, Daniel Nepomuceno, não falou sobre a saída da dupla, mas foi
questionado sobre a quase desistência do time alvinegro.
“Acho
que tratou-se de uma questão de calendário, mas já foi resolvida. Ano que vemos
vamos disputar a Florida Cup. Tem uma viagem aos EUA e estávamos pensando em
tudo. Depois temos Mineiro, Copa Libertadores. Mas está tudo resolvido”,
disse.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here