Flamengo estuda usar César para investir em outra posição.

16
Goleiro César está de volta ao Flamengo – Foto: Alexandre Vidal / Flamengo

GAZETA
PRESS
: Com a vaga na Copa Libertadores assegurada, o Flamengo estuda a situação
de seu elenco para a próxima temporada. O clube deve perder o goleiro Paulo
Victor, que não aceita a condição de reserva de Alex Muralha, que se tornou
titular absoluto principalmente por estar integrando a lista de convocados da
Seleção Brasileira. O clube estuda ir ao mercado em busca de algum nome de
peso, porém, tudo indica que a vaga será preenchida por um velho conhecido da
torcida: César, que está emprestado até dezembro, quando retorno de um período
pouco utilizado na Ponte Preta.

O
Flamengo chegou a sondar o paraguaio Gatito Fernández, que se destacou pelo
Figueirense no Campeonato Brasileiro. O Botafogo, porém, agiu rapidamente e
acertou com o jogador. Sendo assim, as poucas opções no mercado não agradam a
comissão técnica. Porém, não há ainda uma certeza de que o clube não seguirá no
mercado, pois o técnico Zé Ricardo manifestou preocupação com a ausência de
Muralha nos períodos de jogos da Seleção Brasileira.
Com o
Flamengo brigando em várias frentes na próxima temporada, é possível que o
clube não se contente apenas com Alex Muralha e César. Porém, a busca por um
goleiro não é tarefa considerada tranquila e nem mesmo uma prioridade, já que
outras posições são tidas como carentes.
Nesta
quarta-feira o elenco do Flamengo volta a treinar na parte da tarde, se
preparando para o duelo contra o Atlético-PR pela última rodada do Campeonato
Brasileiro, que foi adiada para o fim de semana de 10 e 11 de dezembro por
conta do acidente aéreo que envolveu a delegação da Chapecoense na viagem do
clube para a decisão da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional, da Colômbia.
Juan
renova – A diretoria do Flamengo confirmou a renovação de contrato do zagueiro
Juan por mais um ano. O jogador de 37 anos tinha vínculo somente até o fim de
2016, mas ficará no clube até dezembro de 2017.
Apesar
de não suportar mais o ritmo de jogos do calendário do futebol brasileiro, o
zagueiro tem condições de ser usado em pelo menos um jogo por semana. Além
disso, a tendência é que participe de uma sequência diferenciada de treinos.
“Trata-se
de um jogador muito importante para o Flamengo, de grande experiência, que
disputou Libertadores pelo Internacional. Tem grande identificação com o
Flamengo e conta com todo o nosso respeito”, disse Flávio Godinho,
vice-presidente de futebol do Flamengo.
Outros
jogadores com contrato chegando ao fim deverão ter a situação analisada pela
diretoria. Alguns dificilmente permanecerão. Caso, por exemplo, do atacante
Emerson Sheik, que foi pouco utilizado no Brasileirão.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here