Jorge minimiza possível saída: “Maior que o Flamengo não tem.”

15
Jorge, lateral do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

LANCE:
Valorizado e em alta no Flamengo, o lateral-esquerdo Jorge começa a ter o nome
especulado em grandes clubes da Europa. Recentemente, divulgou-se que o camisa
6 rubro-negro despertou o interesse do Manchester City, da Inglaterra. Porém,
não houve qualquer tipo de proposta. Nesta quarta-feira, o atleta falou sobre o
seu futuro em entrevista coletiva concedida no Ninho do Urubu. Ele admitiu
estar pronto para jogar fora do Brasil, mas deu a entender que prefere
permanecer no Fla por mais tempo.

– Eu
fico feliz pelas especulações que estão tendo, meu nome lá fora, ainda mais
chegando no meu empresário. Isso é demonstração que estou bem aqui, quer dizer
que estou sendo visualizado pela Europa. Fico feliz. Mas hoje é pensamento no
Flamengo. Estou preparado se tiver uma proposta, vou estar preparando sempre.
Não tem nada certo para o ano que vem, só especulações de times crescendo os
olhos em mim. Hoje, meu coração é Flamengo, espero disputar a Libertadores –
disse o lateral.
Jorge
riu ao ser perguntado se estaria de olho no telefone esperando por uma ligação
do técnico Pepe Guardiola. Isso porque o treinador ligou para Gabriel Jesus,
quando convenceu o atacante do Palmeiras a acertar com o City.

Estou de olho (risos). Claro que o Gabriel Jesus está feliz demais. É um garoto
que merece muito. Sou amigo dele, é um cara que merece. Vou treinar muito para
quem sabe um dia jogar com ele, mas hoje meu pensamento é no Flamengo –
comentou o lateral.
Jorge
destacou a grandeza do Flamengo ao ser perguntado sobre o interesse em defender
clubes europeus. Ele colocou o Rubro-Negro acima de todos as outras agremiações
no Brasil, porém lembrou que o Velho Continente renderia bons frutos,
principalmente no aspecto financeiro.

Maior que o Flamengo não tem. Se fosse para ir para a Europa, teria de ser para
um clube maior do que o Flamengo. Aqui é onde fui criado, minha casa. Se eu
puder escolher, vou ficar aqui. Mas, é claro, futebol tem de fazer o pé de
meia, há vários clubes com muita estrutura na Europa. Maior do que o Flamengo é
difícil de ter, no Brasil não tem – cravou.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here