Organizada do Flamengo no AP completa um ano com ex-craques.

18
Foto: Abinoan Santiago/GE-AP

GLOBO
ESPORTE
: São mais de 3 mil quilômetros que separam os estados do Amapá e do Rio
de Janeiro, mas quando o assunto é o futebol, a distância pouco importa. No
extremo Norte do Brasil, os torcedores flamenguistas não deixaram terra e mar
atrapalharem a paixão pelo time carioca e por isso formaram a “Torcida
Uniformizada Comando Rubro Negro” que completará no dia 15 de novembro um
ano de fundação.

– Nós
precisávamos sentir a energia que o Flamengo traz durante os jogos e daí
tivemos a ideia de formarmos uma torcida organizada do rubro-negro para reunir
os torcedores em uma só paixão que é o Mengão – disse Samir Salman, presidente
da organizada.
Um ano
passa rápido. Antes, os encontros aconteciam na orla de Macapá, agora a torcida
se reúne em uma sede da organizada com capacidade para mais de 200 pessoas e
tem até bateria para transformar o local em um “mini Maracanã”.
No mês
de agosto, a torcida mostrou a sua força quando recepcionou e apoiou no Estádio
Olímpico Zerão, o time feminino do Flamengo que na época goleou o Oratório por
7 a 0 pela primeira fase da Copa do Brasil.
OS PARABÉNS DOS CRAQUES
A
organizada do Amapá foi criada no mesmo dia em que o Flamengo comemora
aniversário, mas a festa só irá acontecer nos dias 18 e 19 de novembro. E como
a torcida não pode ir festejar no clube carioca, ela traz um pedaço da história
do time para Macapá com a presença dos ex-jogadores Adílio e Júlio César,
campeões do mundial em 1981. A dupla é presença vip na comemoração do Comando
Rubro Negro.
– Este
é a primeira comemoração de aniversário da organizada e queríamos que fosse
especial trazendo ex-jogadores do Flamengo para sentirem a energia da nossa torcida
aqui no Amapá. Nós vendemos feijoada e outras coisas por meses para arrecadar
dinheiro para eles virem – contou o presidente da organizada.
A
comemoração foi dividida em dois dias. No dia 18 haverá um amistoso com os
ex-jogadores e outros craques amapaenses contra um selecionado do estado.
De
acordo com os organizadores, o ingresso para o público será cobrado em forma de
alimentos que serão doados para uma instituição social. O local ainda não foi
definido.
Já no
dia 19, haverá uma comemoração na Associação dos Servidores do Ministério
Público, na rodovia Duca Serra, Zona Oeste de Macapá. O ingresso para
participar da festa é uma camiseta da organizada no valor de R$ 30 e a entrada
de R$ 20.
– Como
este é o nosso primeiro evento, nós fizemos apenas 200 camisetas-ingressos, por
causa das questões de segurança e para dar mais conforto ao torcedor amapaense
– finalizou Samir Salman.

COMENTÁRIOS: