Os erros do Flamengo na briga pelo título do Brasileirão 2016.

7
Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

GOAL: Definitivamente
o cheirinho acabou. Após o empate do Flamengo com o Coritiba no Maracanã, e a
vitória do Palmeiras sobre o Botafogo, o time Rubro-Negro não tem mais chances
matemáticas de título.

O
sonho foi bom enquanto durou, e foi bem além do que os mais otimistas acreditavam
no início do Brasileirão. O cenário era completamente desfavorável. Após um
fiasco de primeiro semestre, a falta de “casa” e a saída de Muricy
Ramalho por problemas de saúde, o Campeonato Brasileiro do Flamengo parecia ser
mais do mesmo.
Mas
foi diferente, Zé Ricardo assumiu despretensiosamente o comando técnico de
forma interina, deu padrão de jogo ao time, foi efetivado e colocou o Flamengo
na briga pelo título. Mas na reta final faltou gás ao Rubro-Negro e sobrou
disposição ao Palmeiras que está há um ponto de garantir a taça.
Ao
Flamengo, cabe analisar os erros, o primeiro deles a falta de planejamento por
um local fixo para mandar seus jogos no do Rio de Janeiro. As constantes
viagens ao longo desses 11 meses atrapalharam o time, principalmente na reta
final, onde o desgaste da temporada ficou evidente. Mesmo antes de assumir o
Rubro-Negro, a atual diretoria já sabia que ficaria sem o Maracanã no ano
olímpico.
A
contratação dos gringos ainda é uma incógnita, Cuéllar, Mancuello e Donatti que
custaram alto aos cofres do Flamengo, chegaram como reforços de
“peso” e não se firmaram na equipe. Nenhum deles é titular do time de
Zé Ricardo.
A
opção por Leandro Damião como reserva imediato de Paolo Guerrero também não deu
certo, apesar do início com dois gols de pênalti, o atacante não conseguiu
balançar as redes com bola rolando até hoje e tirou espaço de Felipe Vizeu,
jovem da base que vinha aproveitando as oportunidades com gols e boas atuações.
O
desempenho abaixo do esperado de jogadores de lado de campo como Marcelo Cirino
e Emerson Sheik também atrapalharam a caminhada Rubro-Negra rumo ao título. Os
dois atacantes fizeram um Brasileirão muito abaixo da média dificultando as
opções do treinador.
A
falta de vitórias nos clássicos atrapalhou demais a vida do Flamengo que venceu
apenas um de quatro disputados neste Brasileirão, somando dois empates e uma
derrota nos outros três.
Com 67
pontos, o Flamengo é o terceiro colorado na tabela de classificação e precisa
dar o último suspiro nos dois jogos que restam para garantir de vez a vaga direta
na Copa Libertadores 2017. Na próxima rodada, os comandados de Zé Ricardo
encaram o Santos, no Maracanã.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here