Palmeiras pode ser o primeiro time sem expulsão nos pontos corridos.

15
Foto: Cesar Greco / Fotoarena

FUTEBOL
EM NÚMEROS
: Faltando duas rodadas para o final do Brasileirão, o Palmeiras,
líder do campeonato, é até aqui o único clube que ainda não teve jogador
expulso na competição. Em 36 jogos, o time do técnico Cuca é o único sem cartão
vermelho. Na última rodada, Botafogo e Fluminense, que também estavam zerados,
tiveram um jogador expulso cada.

Até
hoje, na história do Brasileirão na era dos pontos corridos, nenhum clube
terminou o Brasileirão sem jogador expulso. O Vitória, em 2013, e Cruzeiro,
Atlético-PR, Coritiba e Chapecoense, em 2014, são os recordistas até 2015 com
apenas uma expulsão em 38 jogos.
No
Brasileirão de 2016, depois do Palmeiras, os clubes com menos expulsões são
Atlético-PR, Botafogo e Fluminense (1 cada), América-MG e Chapecoense (2 cada)
e Atlético-MG, Figueirense e Ponte Preta (3 cada). Já os clubes com mais
expulsos são Cruzeiro (9), Sport (7), Grêmio e Vitória (6), Inter e Santa Cruz
(5) e Corinthians, Coritiba, Flamengo, Santos e São Paulo (4 cada).
Clubes com menos expulsões desde 2003:
2003 –
Guarani – 13º (6 em 42 jogos)
2004 –
Atlético-MG – 19º (3 em 46 jogos)
2005 –
Inter – 2º (4 em 42 jogos)
2006 –
Paraná – 5º (4 em 38 jogos)
2007 –
Santos – 2º; Flamengo – 3º; Fluminense – 4º; Corinthians – 17º (4 em 38 jogos)
2008 –
Santos – 15º (2 em 38 jogos)
2009 –
Flamengo – 1º (4 em 38 jogos)
2010 –
Corinthians – 3º (3 em 38 jogos)
2011 –
Coritiba – 8º (3 em 38 jogos)
2012 –
Bahia – 15º (2 em 38 jogos)
2013 –
Vitória – 5º (1 em 38 jogos)
2014 –
Cruzeiro – 1º; Atlético-PR – 8º; Coritiba – 14º; Chapecoense – 15º (1 em 38
jogos)
2015 –
Corinthians – 1º; Grêmio – 3º; Sport – 6º (2 em 38 jogos)
2016 –
Palmeiras – 1º (0 em 36 jogos)
Clubes com menos amarelos desde 2003:
2003 –
Cruzeiro – 1º – (91 em 46 jogos)
2004 –
Inter – 8º (96 em 46 jogos)
2005 –
Inter – 2º (92 em 42 jogos)
2006 –
Atlético-PR – 13º (91 em 38 jogos)
2007 –
Fluminense – 4º (77 em 38 jogos)
2008 –
Cruzeiro – 3º e Atlético-MG – 12º (82 em 38 jogos)
2009 –
Avaí – 6º (88 em 38 jogos)
2010 –
Fluminense – 1º (82 em 38 jogos)
2011 –
Botafogo – 9º (81 em 38 jogos)
2012 –
Botafogo – 7º (73 em 38 jogos)
2013 –
Vitória – 5º (61 em 38 jogos)
2014 –
Goiás – 13º (60 em 38 jogos)
2015 –
Corinthians – 1º (64 em 38 jogos)
2016 –
América-MG – 20º (50 em 36 jogos)

COMENTÁRIOS: