Para o Flamengo, provocações do Botafogo são para se promover.

12
Foto: Raphael Zarko

GLOBO
ESPORTE
: Sem mudanças radicais, mas com variações que permitam ao Flamengo
surpreender o Botafogo. Assim Zé Ricardo preparou o time para mais um jogo
decisivo na reta final do Campeonato Brasileiro. A cinco pontos do Palmeiras,
líder da competição, o time rubro-negro entra em campo neste sábado, às 17h,
com a obrigação da vitória se quiser continuar atrás do sonhado título.

O
treinador indicou que a equipe base deve ser mantida, mas disse que ainda vai
avaliar os treinos e ver se prepara alguma mudança. O time deve ir a campo com
Alex Muralha, Pará, Réver, Rafael Vaz e Jorge; Márcio Araújo, William Arão,
Diego, Gabriel e Fernandinho; Guerrero.
Tranquilo,
Zé minimizou a semana com declarações um pouco mais apimentadas do lado
alvinegro. O presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, disse que nunca
perdeu para o Flamengo na sua gestão, enquanto Sassá disse, em entrevista bem
humorada ao SporTV, que não estava tenso para o jogo e que esperava vencer por
3 a 0.
– Não
tenho muito o que comentar sobre essas coisas, esse não é nosso foco. Antes de
jogos existe essa promoção. O Botafogo tem uma grande camisa, é um grande time.
Vamos entrar respeitando muito, mas cientes do que precisamos fazer. Sassá só
quis promover o jogo. Ele é um bom jogador, vem apresentando uma evolução
grande e temos que ter cuidado com ele. Em relação ao presidente, ele falou de
uma estatística

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here