Por que Campeonato Brasileiro de 2016 é dos ‘trintões’.

7
ESPN: Para
muitos, para se jogar futebol em alto nível é necessário estar “à flor da
idade”. Mas o que mostra o Campeonato Brasileiro de 2016 é algo totalmente
diferente. Afinal, o torneio é dos “trintões incansáveis”.
Segundo
números do Footstats, dos 11 jogadores que mais entraram em campo na atual
edição do Nacional, cinco deles têm 30 anos ou mais de idade.
Isso
quer dizer, portanto, que, se fizéssemos uma seleção dos mais assíduos do
Brasileirão, quase metade dela seria composta pelos considerados mais velhos do
certame.
Curiosamente,
os únicos atletas a irem a campo em todas as 35 partidas disputadas até aqui e
terem 100% de aproveitamento desde o início no campeonato são balzaquianos:
Renato, 37 anos, do Santos, e Wilson, 32, do Coritiba.
O
primeiro é o mais impressionante deles. Afinal, o camisa 8 e ídolo da torcida
santista, apesar da idade avançada, segue demonstrando seu físico invejável.
Mais
do que aguentar todos os 3.015 minutos disputados até agora, Renato, mesmo
sendo um meio-campo de marcação, não foi suspenso de um jogo sequer – recebeu
apenas dois cartões amarelos em todo o Brasileiro e não foi expulso nenhuma
vez. Aliás, isso nunca ocorreu em toda sua carreira.
Os
outros três “trintões” seguintes têm, cada um, 34 partidas disputadas:
Vanderlei, 32, do Santos, Henrique, 30, do Fluminense, além de Cléber Santana,
35, da Chapecoense. Isto significa que estes perderam apenas uma partida até
aqui no certame nacional, seja por lesão ou por suspensão.
Dos
três citados, quem mais joga em questão de tempo de partida é o zagueiro
tricolor: foram 3.060 minutos em campo, que, em média, mostra que Henrique,
sempre que atuou, ficou em campo todos os 90 minutos.
Vale
ressaltar, também, que dos seis jogadores que completam a lista, metade deles
está perto de chegar aos 30 anos. São eles: Dênis (São Paulo, 29 anos e 34
jogos), Victor Ferraz (Santos, 28 anos e 34 partidas) e Ernando (Internacional,
28 anos e também 34 duelos).
“Trintões” também são goleadores
É isso
mesmo. Os balzaquianos do Campeonato Brasileiro não se destacam só pelo vigor
físico, pela disposição em campo e pela assiduidade. Muitos deles também mostram
que são goleadores.
Dos
dez maiores artilheiros da atual edição do Nacional, cinco já ultrapassaram a
marca dos 30 anos: Diego Souza (31), Robinho (32), Fred (33), Bruno Rangel
(34), além de Grafite (37).
Se
decidirmos estender a lista para os 20 mais goleadores do campeonato, seriam
mais cinco “trintões”: Cícero (32), Kempes (31), Kieza (30), Kléber
Gladiador (33) e Paolo Guerrero (32).
Veja
na tabela abaixo a relação dos 11 jogadores que mais entraram em campo no
Campeonato Brasileiro até a 35ª rodada:

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here