Torcedor é apreendido e Flamengo não deve perder mando.

6
Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

UOL: O
sábado foi mesmo de más notícias para o Flamengo, que além de perder terreno na
briga pelo título pode acabar multado pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça
Desportiva). O árbitro do clássico com o Botafogo relatou na súmula a invasão
de um torcedor a campo após o empate por 0 a 0, o que pode custar um bom
dinheiro ao Rubro-Negro.

“Ao
final da partida um torcedor do Flamengo invadiu o campo na tentativa de
abraçar um jogador’, escreveu o árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima (RS) na
súmula da partida.

“O referido foi imediatamente contido pelos seguranças,
não ocasionando problemas. Fomos informados que o devido torcedor  foi encaminhado ao Jecrim (Juizado Especial
Criminal).”

O
Código Brasileiro de Justiça Desportiva prevê multa de R$ 100 a 100 mil para o
clube que “deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir
invasão a campo”. O código fala em perda de mando de campo caso a invasão
“cause prejuízo ao andamento do evento”, o que não foi o caso pois o
clássico já tinha terminado.
O fato
de o invasor ter sido identificado e detido é um atenuante para o Flamengo caso
os procuradores do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) decidam
denunciar o caso.
O
confronto deste sábado marcou o retorno dos clássicos ao Maracanã. O estádio
não recebia um jogo entre rivais cariocas desde o dia 8 de maio, quando o Vasco
da Gama foi campeão carioca sobre o Botafogo. O sábado foi mesmo de más
notícias para o Flamengo, que além de perder terreno na briga pelo título pode
acabar multado pelo STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva). O árbitro
do clássico com o Botafogo relatou na súmula a invasão de um torcedor a campo
após o empate por 0 a 0, o que pode custar um bom dinheiro ao Rubro-Negro.
“Ao
final da partida um torcedor do Flamengo invadiu o campo na tentativa de
abraçar um jogador’, escreveu o árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima (RS) na
súmula da partida.

“O referido foi imediatamente contido pelos seguranças,
não ocasionando problemas. Fomos informados que o devido torcedor  foi encaminhado ao Jecrim (Juizado Especial
Criminal).”

O
Código Brasileiro de Justiça Desportiva prevê multa de R$ 100 a 100 mil para o
clube que “deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir
invasão a campo”. O código fala em perda de mando de campo caso a invasão
“cause prejuízo ao andamento do evento”, o que não foi o caso pois o
clássico já tinha terminado.
O fato
de o invasor ter sido identificado e detido é um atenuante para o Flamengo caso
os procuradores do STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) decidam
denunciar o caso.
O
confronto deste sábado marcou o retorno dos clássicos ao Maracanã. O estádio
não recebia um jogo entre rivais cariocas desde o dia 8 de maio, quando o Vasco
da Gama foi campeão carioca sobre o Botafogo.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here