Vitória pede R$ 18 milhões para liberar Marinho.

12
Negociação pelo atacante Marinho, do Vitória, não é das mais fáceis – Foto: Vitória / Divulgação

ESPN: Nesta
reta final de Campeonato Brasileiro, Marinho virou um dos grandes destaques da
competição e é o principal responsável por manter o Vitória vivo na luta para
fugir da zona de rebaixamento. Com 10 gols em 25 jogos no Brasileirão, o
atacante começou a despertar interesse de vários clubes do Brasil e também do
exterior. E uma dessas equipes é o Santos.

Após o
triunfo por 3 a 2 sobre o time rubro-negro baiano, na última quinta-feira, na
Vila Belmiro, pela 35ª rodada, a diretoria do “Peixe” fez uma
consulta sobre o jogador. Porém, a alta pedida do Vitória assustou. A ideia da
cúpula é tentar reduzir o valor de Marinho. O problema é que os baianos não
querem se desfazer de seu principal atleta e só aceitam negociar em caso de
pagamento da multa rescisória, que gira em torno de R$ 18 milhões, quantia
considerada fora da realidade do alvinegro.
“Seria
(um bom reforço). Mesmo muito bem marcado, vocês viram o trabalho que ele deu.
No um contra um ele é imbatível. É rápido, mas tem consciência na maioria das
jogadas. Está muito bem valorizado”, afirmou o técnico Dorival Júnior após
o triunfo sobre o Vitória.
Nos bastidores,
os dirigentes santistas comentam que um acerto com o atacante só será possível
em caso de rebaixamento do Vitória para a Série B do Brasileirão. Atualmente, a
equipe baiana está na 16ª posição, com 42 pontos, faltando duas rodadas para o
término do torneio nacional.
Marinho
está na equipe baiana desde o começo do ano. Porém, ele foi comprado
oficialmente do Cruzeiro somente em junho. A diretoria do Vitória se mostra
tranquila em relação à permanência do jogador, que tem vínculo por mais dois
anos.
“O
Marinho tem contrato conosco até 31 de dezembro de 2018, e o valor da multa de
rescisão é bem razoável para nós, pois leva em conta todo o investimento que
fizemos para tê-lo aqui. Não recebemos nenhuma sondagem até agora. Quem quiser
o Marinho, precisará sentar com o Vitória e negociar. Nossa relação com o
atleta sempre foi muito transparente, assim como é com seus representantes e
com o Cruzeiro, nosso parceiro nos direitos do jogador”, afirmou o diretor
executivo de futebol do Vitória, Anderson Barros.
Marinho
é natural de Penedo, em Alagoas, e acumula passagens por Fluminense,
Internacional, Caxias, Paraná, Goiás, Ituano, Náutico, Ceará e Cruzeiro. O
atacante ganhou destaque no ano passado pelo seu desempenho no Ceará, onde
marcou nove gols em 27 partidas. Em junho de 2015, ele acabou sendo vendido
para a Raposa, participando de 12 jogos e fazendo um gol na Série A. Porém, o
jogador perdeu espaço na equipe celeste com a chegada de Mano Menezes e acabou
se transferindo para o Vitória.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here