Zé Ricardo deverá ganhar assistente técnico no Flamengo.

38
Jayme é o atual interino de Zé Ricardo, técnico do Flamengo – Foto: Gilvan de Souza / Flamengo

GILMAR
FERREIRA
: A permanência de Zé Ricardo para a próxima temporada não é assunto é
um encerrado para o Flamengo.

Existe
ainda certa preocupação com focos de insatisfação no relacionamento entre
profissionais da comissão e é bem provável que o técnico possa vir a indicar um
auxiliar de sua confiança para facilitar o fluxo de trabalho.
Hoje,
o papel é desempenhado por Jayme de Almeida, funcionário de carreira, e que já
tem na bagagem os títulos da Copa do Brasil de 2013 e do Estadual de 2014.
O
RELACIONAMENTO entre os dois profissionais forjados pelo clube não é ruim, mas
também não é o padrão na dinâmica dos treinamentos.
São
profissionais com formações distintas e o que os unem é o mútuo respeito pelo
que já fizeram pelo Flamengo.
Jayme
é um ex-jogador, filho de outro ex-jogador, e com extensa lista de bons
serviços prestados.

Ricardo não tem tanto tempo de Flamengo, sua formação é mais acadêmica, porém
sua rápida ascensão gera expectativa muito favorável nos bastidores.
A
ESTATÍSTICA mostra que ele se estivesse no comando do time desde a primeira rodada,
a distância para o Palmeiras seria menor.
Nos 32
jogos em que dirigiu o Flamengo, Zé Ricardo obteve 18 vitórias, empatou oito
partidas e perdeu apenas seis.
Sua
média é de 1,94 pontos por jogo, contra os 1,33 registrados pelo time de
Muricy/Jayme nas três rodadas iniciais do Brasileiro.
Cuca
dirigiu o líder Palmeiras nas 35 partidas e tem média de 2,03 justamente por
ter três vitórias a mais do que Zé Ricardo.
O
DESCONFORTO é tratado e administrado com muito cuidado pela cúpula rubro-negra.
Justo
para não ferir susceptibilidades e não interferir na campanha do time que, na
luta pelo título, espera por tropeços do Palmeiras e vitórias nos últimos três
jogos.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here