Empresário de jogadores da Chape revela conversa com Flamengo.

26
Biteco, Dener, Machado e Thiaguinho: empresário tratava os jogadores como filhos (Foto: Reprodução)

GLOBO
ESPORTE
: Um sonho de empresários locais que crescia a cada ano e tinha próximo
passo ainda mais audacioso. A Chapecoense estruturava e já colocava no papel um
fundo de investimento com grandes comerciantes e empresários da cidade para
captar mais de R$ 30 milhões. A verba seria destinada à contratações. Dezesseis
empresários locais já estavam dentro do projeto. Para se ter dimensão do plano
dos dirigentes e dos empresários de Chapecó, a arrecadação total almejada era
quase do tamanho de todas receitas registradas em 2015 (R$ 47 milhões, segundo
balanço do clube).

O
empresário de jogadores Jorge Machado capitaneava a arrecadação de cotas e
seria um dos gestores do fundo. Representante de três jogadores falecidos no
acidente de avião – Matheus Biteco, Thiaguinho e Dener Assunção -, Machado
levou o modelo de fundo de investimento e, com bom relacionamento na diretoria,
ganhou entusiastas na Chapecoense.
– A
gente já tinha 16 empresários da cidade participando. O Mauro (Dal Bello,
diretor da Chape), o Sandro (Pallaoro, presidente), o Décio (Burtet Filho,
diretor), eles eram visionários, o projeto era muito grande. A ideia era captar
R$ 30 milhões, R$ 40 milhões. A visão que esses guris tinham era muito linda.
Agora nem sei quem procurar. Morreram todos – conta, muito emocionado, o agente
de jogadores.
Empresário
de Matheus Biteco, nascido em Porto Alegre, de Dener Assunção, de Bagé, do
carioca Thiaguinho e do ex-companheiro Caio Junior, com quem jogou no Grêmio,
Jorge Machado era figura frequente em jogos da Chapecoense. Esteve na Arena
Condá no empate com o San Lorenzo que classificou o time para a final da
Sul-Americana.

Todos temos a tarefa de reerguer a Chapecoense. Todos presidentes do Brasil
estão se mobilizando. Falei com o Daniel (Nepomuceno), do Atlético-MG, com o
Godinho (vice de futebol do Flamengo). Um time desses não pode morrer.
Participei do levantamento do Brasil de Pelotas (que teve vítimas fatais em
acidente de ônibus em 2009) e vamos fazer o mesmo com a Chape – diz o
empresário de futebol.

COMENTÁRIOS:

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here