Carnaval do Flamengo.

22
Foto: Divulgação

FALANDO DE FLAMENGO: Por Luciana Zogaib

No
sabadão de carnaval, com todo esforço para esvaziar o campeonato, o clássico
dos milhões de equívocos trouxe as coisas de volta ao seus devidos lugares.
Mengão
botou a bigoduda na roda, com direito a olé, bola na trave, bola dentro não
assinalada, defesas salvadoras e muitos gols perdidos fazendo os nossos rivais
preferidos perderem o rumo e fazerem o que mais sabem, foi um cai cai mais
engraçado que o outro.
Mas,
brincadeiras a parte, o time enfim mostrou postura de vencedor, não se deixou
intimidar pelas provocações e soube impor seu jogo, faltou apenas um placar
mais elástico para calar de vez a freguesia. Mas pensando bem, melhor assim. A
humildade tem dado o tom desse time mas em doses certas, sabendo que contra a
vasca somos mesmo sempre favoritos.
Falta
só um jogo até chegarmos no nosso maior compromisso. É óbvio que a Libertadores
é o objetivo máximo do ano e está claro para todos que o desafio é gigante. Por
conta disso já começa a chatice de poupar time etc etc. Acho que a galera tá
bebendo demais no carnaval e desandando a falar bobagem. Como assim poupar na
final? Jogamos até agora todos os jogos da Guanabara com nosso time titular
para poupar na final? Qual a lógica disso? Tudo bem, o primeiro jogo da Liberta
é 3 dias depois mas e daí? Não jogaremos o Brasileiro assim? Jogo quarta e
domingo é nosso dia a dia. Mas olha o retrospecto Lu, nas Libertadores passadas
quando jogamos com time titular acabamos nos dando mal.
Ok ok
mas peraí, tínhamos um elenco como agora? Se ganharmos no domingo poderemos
poupar todo o segundo turno, além de entrarmos com a moral alta e com o time
mais entrosado.
Bom,
opinião é assim, cada um tem a sua mas com toda a preparação que temos visto
não consigo pensar nessas besteiras não.
Temos
que ir com tudo e colecionar os títulos que pudermos esse ano, assim
compensarão os anos passados em branco.

disse meu treineiro favorito: “Os vôos do urubu são vôos altos, amplos e vamos
buscar coisa bonita esse ano.”
Pra
fechar a coluna de hoje em ritmo de carnaval um sambinha rubro-negro.

COMENTÁRIOS: