Com propostas de Clubes, Bruno chora de alegria com liberdade.

24
Douglas Magno/O Tempo

IG: Acusado
de participar do assassinato de Eliza Samudia, em 2010, o goleiro Bruno
Fernandes ganhou o direito de ser solto da prisão em Minas Gerais nesta
sexta-feira e chorou de alegria ao receber a notícia do habeas corpus. Agora em
liberdade, o ex-jogador de Flamengo, Corinthians e Atlético-MG já pensa em
voltar aos gramados de futebol.

Segundo
Lúcio Adolfo, advogado de Bruno no caso, ele ficou bastante emocionado depois
que soube da liminar.
“No
primeiro instante chorou, foi um choque bom. Mas já está na expectativa de
sair. Ele quer voltar a jogar futebol. Está com 30 anos e vai trabalhar para
isso. Ele já tem propostas de fora de Minas”, disse o magistrado ao portal
“Uai”. Lembrando que o goleiro, na verdade, tem 32 anos de idade.
O
advogado esteve na Apac (Associação de Proteção e Assistência ao Condenado) de
Santa Luzia, cidade localizada na Grande Belo Horizonte, para tentar a soltura
do seu cliente ainda na tarde desta sexta-feira. Depois, foi para o Fórum local
para agilizar os trâmites legais.
“A
juíza titular não está presente. É uma substituta que irá atender a demanda.
Então, eu vou lá tentar entender o procedimento e acelerar o processo”,
explicou Lúcio Adolfo, afirmando que o STF (Supremo Tribunal Federal) já mandou
o ofício para as autoridades liberarem o goleiro.

COMENTÁRIOS: