Diretor do Flamengo diz que priorizará jogos no Rio de Janeiro.

49
Foto: Divulgação
EXTRA
GLOBO / GLOBO ESPORTE
: O Flamengo anunciou nesta quarta-feira que o Maracanã
será o palco da estreia contra o San Lorenzo, no dia 8 de março. Pelo estado de
abandono do tradicional palco das torcidas cariocas, a arrumação do estádio a
15 dias da partida surpreendeu.
O
diretor passou a mensagem da diretoria que vai tentar privilegiar o desempenho
esportivo em detrimento das finanças em 2017.

Temos compromisso com atletas e torcida, e vamos privilegiar os jogos no Rio.
Toda vez que puder jogar no Maracanã, é um brinde que damos à torcida e ao Rio.
O Flamengo é o grande motor que vai permitir a continuidade do estádio do
Maracanã – reforçou.
Por
fim, o dirigente confirmou que o clube entregou à Conmebol uma lista de
estádios com Maracanã, Ilha e mais um.
– A
obra não é completamente previsível, temos alguns atrasos. Teríamos
alternativas à Ilha. Mandamos documento para Conmebol, onde dissemos que o
Maracanã era prioridade, a Ilha era outra opção, e um terceiro estádio, que
vamos deixar guardado por enquanto.
O
valor dos ingressos já estão definidos?

Ainda não definimos. Estamos discutindo hoje, agora. Os preços serão
compatíveis com preços de Libertadores. A Ilha sempre foi nossa alternativa. É
um seguro que temos para o Flamengo garantir a maioria dos jogos no Rio. A
gente não tem a segurança de que teremos o Maracanã. Já consideramos um fato
extremamente positivo viabilizar o Maracanã no primeiro jogo da Libertadores. É
surpreendente para muita gente, mas é um sinal muito bom. Mostramos que o
Maracanã pode ter jogo. Se é sustentável ou não a longo prazo, vamos ver para
frente. Quanto à Ilha, a gente sabe que toda obra tem fluxo, pode atrasar, pode
não atrasar, há insumos importados que demoram para chegar. Tem algumas
questões que mexem um pouco no prazo. Se não tivéssemos também o Maracanã
arrumaríamos outra alternativa, que não vou falar qual era (risos).

COMENTÁRIOS: