Ex-Presidente do Flamengo aprova provocações de Eurico.

15
Luis Fabiano ao lado de Eurico Miranda – Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

KLEBER
LEITE
: Em situação normal deveria estar enviando para todos vocês uma gravação
que é um verdadeiro poema. Está rolando pela internet e, não há quem não se
encante e se emocione com esta coisinha linda, divina, cantando o samba da
Mangueira.

Antes
disso, importante abordar dois temas para reflexão e análise dos companheiros e
amigos deste blog.
O
primeiro diz respeito à decisão do Ministro Marco Aurélio Mello, libertando
temporariamente o ex-goleiro do Flamengo, Bruno. Em 2013, julgado e condenado
por assassinato e ocultação de cadáver, com pena de 22 anos e três meses.
Após
cumprir seis anos e sete meses, Bruno terá o direito de se defender em
liberdade, até o julgamento final.
Não
por covardia, até porque, isto não faz parte da minha vida, mas por motivos
óbvios, melhor não emitir qualquer opinião, deixando isto por conta de vocês.
Considero-me emocionalmente impedido de emitir qualquer opinião. Espero que
vocês entendam, e que cada um comente de acordo com a sua consciência. O que
não se pode fazer, é ignorar o fato. Ele existe. Por favor, comentem…
O
segundo tema não terá, imagino, apoio do torcedor do Flamengo, mas me reservo o
direito de ser voz discordante.
Eurico
Miranda, o presidente do Vasco, foi espinafrado e acusado de soprar a violência
por ter declarado que Luiz Fabiano será o carrasco do Flamengo. Por favor,
vamos separar as coisas com sensibilidade e justiça. O que este depoimento tem
a ver com a violência? Nada!
Esta
foi sim uma bela sacada provocativa e bem-humorada. Aliás, embora a maioria dos
rubro-negros deteste Eurico Miranda, não há como não reconhecer que,
polarizando sempre com o Flamengo, ele elevou o status do Vasco. Jogada de
marketing, simples e direta. Eurico acertou na mosca, deixando Fluminense e
Botafogo para trás.
Na
bolsa de apostas, Flamengo na cabeça. Prefiro a filosofia do genial João
Saldanha: “o jogo é mole, mas primeiro, tem que jogar”. Quem é boleiro
entendeu…
Que o
sábado de carnaval, dia 25 de fevereiro, quando meu netinho Marco Antônio –
claro que já rubro-negro – completa 1 aninho, seja de muita alegria em vermelho
e preto.

COMENTÁRIOS: