Faliu! Por dívidas do Botafogo, dirigentes têm imóveis penhorados.

39
Nelson Mufarrej e Carlos Eduardo Pereira – Foto: Vitor Silva/SSPress/Botafogo

BASTIDORES
FC
: Novo presidente do Tribunal Regional do Trabalho do Rio de Janeiro
(TRT-RJ), o desembargador Fernando Antonio Zorzenon da Silva retirou a Cia.
Botafogo do Ato Trabalhista, na qual havia sido incluída em janeiro impedindo a
penhora de apartamentos do presidente do Botafogo, Carlos Eduardo Pereira, e
seu vice geral, Nelson Mufarrej. A empresa entrou no ato – que limita as
penhoras a valor mensal – em 19 de janeiro nos últimos dias de mandato da
antecessora de Zorzenon, Maria das Graças Viegas Paranhos.

Agora,
a execução das penhoras volta para a 74ª Vara do Trabalho, que já havia
autorizado a penhora de dois imóveis dos dirigentes na zona sul do Rio, a área
mais nobre da cidade – em ação movida pelo ex-volante Túlio. Outros jogadores
também entraram com o pedido de reconsideração da decisão de Paranhos: Iran
Andrielle, Daniel Correia, Renato Silva, Anselmo Junior, Anthony Menezes e
Reinaldo Cruz.

COMENTÁRIOS: