Ferj tem 72h para tentar salvar o Vasco de eliminação no Carioca.

7
Lateral Gilberto e volante Jean sendo apresentados no Vasco – Foto: Paulo Fernandes/Vasco.com.br

UOL: A
Ferj (Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro) tem 72 horas para
responder ao TJD (Tribunal de Justiça Desportiva) sobre as supostas
irregularidades cometidas pelo Vasco nas escalações do volante Jean e do
lateral Gilberto na partida contra o Resende. O clube de São Januário corre
risco de perder pontos no Campeonato Carioca.

A
Procuradoria do Tribunal de Justiça Desportiva pediu esclarecimentos sobre as
possíveis irregularidades. A resposta da Federação veio através do seguinte
ofício.
“Mediante
solicitação do Procurador do Tribunal de Justiça Desportiva (TJD), Dr. André
Valentim, a Federação de Futebol do Rio de Janeiro responderá o comunicado com
as devidas explicações a respeito das inscrições dos jogadores citados dentro
do prazo legal de 72 horas”.
O
regulamento do Campeonato Carioca indica que um jogador precisa estar inscrito
até dois dias úteis antes da partida pela quarta rodada. Além disso, é
necessário aparecer sem pendências no Boletim Informativo de Registro de
Atletas (Bira) até o dia anterior. Jean figurou na lista de inscritos no dia 3
de fevereiro, mas só teve o nome publicado no Bira no dia 6. Gilberto foi
inscrito no dia 2 e apareceu no Bira no dia 6. A partida foi realizada no dia
5.
Pelo
artigo 214 do Código Brasileiro de Justiça Desportiva, um clube punido nesta
situação perde três pontos, além dos conquistados na partida. Como o Vasco
venceu por 2 a 1, poderia ser punido em seis pontos na tabela.
O
Cruzmaltino defende que houve erro da Ferj (Federação de Futebol do Estado do
Rio de Janeiro), já que os nomes dos atletas apareceram no BID (Boletim
Informativo Diário) da CBF (Confederação Brasileira de Futebol). Para o clube,
a Federação demorou para colocá-los no Bira.

COMENTÁRIOS: