Flamengo desconhece saída da GL de concessão pelo Maracanã.

31
Foto: Celso Pupo/Agência Lancepress!

LANCE:
A saída do consórcio GL Events/CSM do processo de compra da concessão do
Maracanã junto à Odebrecht pegou de surpresa até mesmo o Flamengo, que é
parceiro do grupo na concorrência para saber quem ficará responsável pela
gestão do estádio pelos próximos 33 anos. A rival do consórcio na disputa é a
francesa Lagardère, que passa a ser a única empresa interessada na compra do
Maracanã e cuja proposta gira em torno de R$ 60 milhões.

Apesar
da assessoria da GL Events ter confirmado a desistência na disputa, o Flamengo
diz acreditar que a empresa continuará na briga pelo estádio.
– Só
ouvi boatos. Não tivemos nenhuma informação precisa sobre isso – afirmou Eduardo
Bandeira de Mello, presidente do Flamengo, ao ser questionado sobre a notícia
da saída do consórcio GL Events/CSM da disputa pelo Maracanã.
Por
conta das dúvidas em relação à gestão futura do estádio, o Flamengo tem
investido na modernização da Arena da Ilha, na Ilha do Governador, e pretende
usá-lo como alternativa ao Maracanã. Entretanto, o clube divulgou nota nesta
quarta-feira afirmando que utilizará o estádio na estreia do time na
Libertadores, no início de março.

COMENTÁRIOS: