Flamengo e Fluminense. evitam chamar favoritismo.

15
Fotos: Gilvan de Souza/Flamengo e Nelson Perez/Fluminense

O
GLOBO
: Se os dias que antecederam o clássico entre Flamengo e Vasco foram
temperados por provocações de ambos os lados, o tom para a final da Taça
Guanabara, entre Fla e Fluminense, promete ser diferente. Após passarem pelas
respectivas semifinais no sábado, rubro-negros e tricolores evitaram chamar
para si o favoritismo na decisão, que será realizada no domingo.

Depois
da vitória do Flamengo sobre o Vasco por 1 a 0, em Volta Redonda, o meia Diego,
autor do gol de pênalti que definiu o placar da partida, lembrou que o
Fluminense ainda não sofreu gols neste Carioca e projetou uma final difícil.

Vai ser uma final bem equilibrada, é um adversário que sabe muito bem o que
quer e o que faz em campo. Agora é comemorar a vitória, que foi muito difícil,
e a partir de amanhã (domingo) já pensar em como resolver esse jogo contra o
Fluminense — afirmou Diego.
O
técnico do Fluminense, Abel Braga, também fez questão de frear qualquer
possibilidade de empolgação após o empate em 0 a 0 com o Madureira, em Los
Larios, que garantiu o tricolor na decisão da Taça Guanabara. Antes de saber
que o adversário seria o Flamengo — já que a partida do Flu terminou antes —,
Abel já transmitia o favoritismo para o time rubro-negro.

Domingo é ferro. Se for o Flamengo, antes do jogo eles são favoritos — disse
Abel.
Do
lado rubro-negro, o técnico Zé Ricardo indicou que o Flamengo deve trocar a
folia pelo estudo na semana de carnaval.

Vai ser outra grande pedreira, já que eles não sofreram gols ainda. Vamos
estudar bastante o Fluminense para fazermos uma grande final e tentarmos o
título da Taça Guanabara — projetou.

COMENTÁRIOS: