Flamengo não tem mais dívida nenhuma com goleiro Bruno.

24
Foto: Jorge William

EXTRA
GLOBO
: O departamento jurídico do Flamengo confirmou que não tem mais qualquer
tipo de processo em andamento, ou dívidas pendentes, com o goleiro Bruno, que
ganhou um habeas corpus do Supremo Tribunal Federal (STF) para ser solto. O
clube encerrou uma ação em 2015 com acordo para pagamento de R$ 600 mil por
dívidas trabalhistas de gestões anteriores. Na ocasião, o valor foi pago á
vista.

Desde
então, não há mais qualquer vínculo de Bruno com o Flamengo, a não ser as
memórias dos torcedores por sua passagem, que terminou em 2010, ano da prisão.
Uma
liminar do ministro Marco Aurélio Mello do Supremo Tribunal Federal concedeu a
liberdade ao goleiro Bruno nesta sexta-feira. O ex-jogador do Flamengo cumpria
pena na Associação de Proteção e Assistência ao Condenado (Apac), em Minas
Gerais, pelo assassinato de Eliza Samudio, em 2010.
Bruno
Fernandes foi condenado pela Justiça de Minas Gerais a 22 anos e três meses de
cadeia pela morte e ocultação do cadáver da ex-amante, cujo corpo até hoje não
foi encontrado. Ele pagava ainda pelo sequestro do filho da jovem, durante a
trama que resultou na condenação de outras cinco pessoas — entre elas, o amigo
Luiz Henrique Romão, o Macarrão.

COMENTÁRIOS: