Flamengo sobra e vence a Liga Sorocabana por 90 a 58.

18
Foto: Theillyson de Rocco

GLOBO
ESPORTE
: O Flamengo bateu a Liga Sorocabana nesta terça-feira, por 90 a 58, no
ginásio Gualberto Moreira, em Sorocaba, em partida válida pela 22ª rodada da
nona edição do Novo Basquete Brasil (NBB 9). Num jogo totalmente dominado pelo
time carioca, que venceu com facilidade três dos quatro períodos, o momento de
maior emoção ficou por conta da homenagem que o técnico da LSB, Rinaldo
Rodrigues, prestou no fim do jogo a Fab Melo, ex-jogador do time de Sorocaba
que morreu no último dia 11. O destaque da partida pelo lado rubronegro foi
Marquinhos, com 15 pontos marcados, mas o posto de cestinha da noite coube a
Ted Simões, da Liga Sorocabana, que anotou 21 vezes.

Com a
vitória, o Flamengo chegou à liderança provisória do NBB, com 16 vitórias em 21
jogos (76,2% de aproveitamento). O Brasília, com quem o Rubro-Negro disputa a
posição ponto a ponto, joga nesta quarta-feira contra o Pinheiros, fora de
casa, e se vencer reassume o topo da classificação. A derrota deixou a LSB com
uma campanha de quatro vitórias e 17 derrotas e mais próxima do rebaixamento.
Na
próxima quinta-feira, a Liga Sorocabana enfrenta o Macaé, novamente no
Gualberto Moreira, às 20h. O Flamengo também volta à quadra na quinta, quando
encara o Paulistano, às 19h30, no Ginásio Antônio Prado Jr., em São Paulo.
O jogo
A
partida começou quente e com Sorocabana aproveitando o apoio do torcedor local.
Se Sorocaba pontuava com Paranhos, o Flamengo respondia com Olivinha. As bolas
de três foram colocando os donos dá casa em vantagem, mas o jogo de transição e
a velocidade de Marquinhos não deixaram a LSB desgarrar no placar, terminando o
primeiro quarto com um ponto de vantagem (22 a 21).
O
segundo quarto começou com as equipes errando bastante, até que o Mengão tomou
a liderança com uma bola do armador Ricardo Fischer. O Flamengo continuou
apostando no jogo de transição, obrigando o técnico Rinaldo Rodrigues a pedir
tempo perdendo por 10 de diferença. Mantendo o ritmo, o Flamengo venceu a
parcial (23 a 10)  efechou o primeiro
tempo vencendo por 44 a 32.
A
dupla de pivôes do Rubro-Negro começou o segundo tempo dominando o garrafão
ofensivo, principalmente com JP Batista. A vantagem, que ainda era pequena, aos
poucos foi aumentando, com o time carioca fechando a parcial em 20 a 10.
Perdendo
por 20 pontos, a LSB foi para o tudo ou nada no último quarto, mas o Flamengo
não deixou o time da casa crescer, respondendo com Marquinhos. Sem a LSB
conseguir a pressão necessária, os times foram trocando cestas até o fim da
partida, com a equipe carioca vencendo fácil mais uma parcial (26 a 16) para
fechar a partida com tranquilos 90 a 58.

COMENTÁRIOS: