Flamengo tem 7 gringos, mas só 5 podem jogar. Veja a situação!

21
Berrío, Trauco, Conca, Guerrero e Mancuello são cinco dos sete gringos do Flamengo – Foto: ESPN

ESPN: Os
gringos começaram o ano em alta no Flamengo. Na temporada em que Darío Conca
foi a grande contratação, Paolo Guerrero vive fase artilheira, Trauco e Berrío
já estrearam com gols e até Mancuello vem acumulando bons jogos – sem contar
ainda as opções de Donatti e Cuéllar.

O
problema para o técnico Zé Ricardo, porém, é que, dos sete jogadores
estrangeiros à disposição no elenco, apenas cinco podem ser relacionados
simultaneamente no futebol brasileiro. Quais deles serão titulares em 2017,
quem briga por posição e quem é figurante? Veja as situações:
Paolo Guerrero
Contratado
em operação milionária em 2015, Paolo Guerrero é titular absoluto no ataque do
Flamengo. Ainda que não tenha mantido a regularidade esperada e tenha chegado a
ser questionado em alguns momentos, o peruano anotou cinco gols em cinco jogos,
contribuindo para cinco vitórias rubro-negras.
Os
concorrentes de Guerrero são o jovem Felipe Vizeu, que está retornando após
amargar o vexame com a seleção brasileira no Sul-Americano sub-20, e Leandro
Damião, que ainda não empolgou.
Trauco
Companheiro
de Guerrero na seleção peruana, Trauco caiu nas graças do torcedor do Flamengo
logo em sua estreia, com direito a um gol e duas assistências contra o
Boavista. Beneficiado com a venda do então titular Jorge, o lateral-esquerdo
atuou os 90 minutos em suas quatro primeiras partidas.
A
única substituição até agora foi no clássico do último fim de semana, contra o
Botafogo, mas para a entrada de Rodinei, que na verdade é lateral-direito. Seu
reserva é o também recém-chegado Renê, mas, ao menos por agora, não parece
correr qualquer risco de perder sua titularidade.
Conca
Lesionado,
Conca ainda deve demorar um pouco até ficar à disposição do técnico Zé Ricardo.
O meia, contudo, quando recuperado, tende a ser titular absoluto no meio-campo,
ameaçando, principalmente, a condição do compatriota Mancuello entre os 11
iniciais neste início de temporada.
Mancuello
No
Flamengo desde o início de 2016, Mancuello ainda não conseguiu corresponder as
expectativas com que foi contratado. As oportunidades para o argentino, é
verdade, não foram muitas, mas ele parece estar contornando tudo isso com uma
boa arrancada de temporada em 2017.
O
problema é justamente a chegada de Conca, já que Zé Ricardo apostou no
argentino para fazer a função que imagina para o reforço quando ele estiver à
disposição. Ao menos até abril, mantendo as boas atuações, Mancuello não parece
ameaçado. Depois, caberá ao técnico definir.
Berrío
Contratado
para fortalecer um setor carente no elenco, Berrío ainda não conquistou um
lugar entre os 11 iniciais do Flamengo, mas, ganhando ritmo, parece uma questão
de tempo para que isso aconteça. O gol logo na estreia, contra o Grêmio, ainda
mostra a estrela que tem o colombiano.
Cuéllar
Querido
pela torcida, Cuéllar parece ser a grande incógnita entre os estrangeiros do
elenco do Flamengo. Na última temporada, jogou pouco e, em 2017, soma 46
minutos em campo em duas partidas – ambas como reserva. A contratação de Rômulo
também diminui seu espaço.
No
início do ano, o colombiano chegou a ter seu nome ligado a negociação, mas foi
mantido. A questão é saber se continuará atrás de Márcio Araújo, hoje também
reserva, na lista de opções.
Donatti
Com
apenas aparições pelo Flamengo e ainda sem minutos em campo em 2017, Donatti é,
sem dúvidas, o gringo mais desprestigiado do elenco rubro-negro. Apesar de ser
constantemente elogiado por Zé Ricardo, entre os zagueiros, está certamente
atrás de Réver, Rafael Vaz e Juan.
Além
dos três, Donatti também tem a concorrência do jovem Leo Duarte, promissor e
querido dentro do clube. Segundo a comissão técnica, o problema com o argentino
é físico, mas, com todos os estrangeiros à disposição, precisará de situações
específicas para ficar até no banco de reservas.
Esta
quinta-feira, aliás, é uma das oportunidades. Com Zé Ricardo poupando quase
todos seus titulares contra o América-MG, pela Primeira Liga, às 21h30 (horário
de Brasília), Donatti ganhará chance entre os 11 iniciais, assim como Cuéllar e
também Berrío. O ESPN.com.br acompanha o duelo em tempo real.

COMENTÁRIOS: