Flamengo x Vasco tem duelo a parte entre Diego e Nenê.

26
Foto: Divulgação

LANCE:
Diego e Nenê vivem uma espécie de lua de mel com as torcidas desde que vestiram
pela primeira vez as cores de Flamengo e Vasco. Referências na criação de
jogadas no meio de campo e responsáveis por uma liderança técnica nos elencos,
os craques carregam a responsabilidade de serem decisivos na semifinal da Taça
Guanabara neste sábado, às 17h, no Raulino de Oliveira.

Quem
tem mais possibilidade de ser o craque deste jogo? A pergunta é ingrata,
sabemos. Não é fácil. Então, o LANCE! lista números, opiniões e algumas
expectativas dos torcedores nas redes sociais antes do ‘Clássico dos Milhões’.
Números de Diego no Flamengo
– São
24 partidas no clube
– Diego
soma 16 vitórias
– Acumula
ainda seis empates e duas derrotas
– O
meia já balançou as redes 9 vezes
Números de Nenê no Vasco
– São
87 partidas no clube
– Nenê
soma 47 vitórias
– Acumula
também 21 empates e 19 derrotas
– O
meia já balançou as redes 35 vezes
– Diego
é o principal nome do elenco e não é por menos. Camisa 35 está vivendo grande
fase desde que chegou e tem sido decisivo nos jogos. Este ano já marcou três
gols e deu assistências para os companheiros. É uma das armas do Flamengo para
vencer – João Pedro Granette, Setorista do Flamengo.
– Nenê
não precisa mais provar a sua importância para ninguém. O camisa 10 relembrou a
todos a sua qualidade neste início de 2017, que chegou a ser questionada no fim
do ano passado. Nenê sabe o que fazer para levar o Vasco à final da Taça
Guanabara – David Nascimento, Setorista do Vasco.
O QUE OS TÉCNICOS ESPERAM DO CLÁSSICO
Zé Ricardo
Lances
isolados podem definir, como sempre definem. Com certeza o Cristóvão montou uma
estratégia para inibir o nosso jogo, mas nós também montamos. Acredito que vai
ser uma grande partida, e com certeza o Flamengo está se preparando bem.
Cristovão Borges
Não
preocupa só o Diego. Preocupa o Flamengo. É uma equipe forte, que se reforçou,
mexeu menos que o Vasco. Os números estão aí. Mas a nossa equipe é competitiva.
Nenê se destaca porque é decisivo, mas a força do nosso jogo é o coletivo.
– Diego
é a referência técnica do Flamengo. As jogadas ofensivas do rubro-negro passam
pelos seus pés. Não há dúvidas: o camisa 35 pode ser decisivo e determinar o
fim do jejum diante do arquirrival na semifinal deste sábado – Aigor Ojêda, Editor
do LANCE!
– Nenê
começou o ano muito bem. Tem dado bons passes, e o novo time do Vasco, mais
jovem e com mais jogadores velozes, como Kelvin, Gilberto e até mesmo o Manga,
podem fazer a qualidade técnica do camisa 10 aparecer ainda mais. Ele vai bem
em clássicos – Thiago Correia, Editor do LANCE!

COMENTÁRIOS: