Jogadores do Flamengo esperam apoio e Maracanã cheio.

13
Foto: Thiago Lima/GloboEsporte.com

GLOBO
ESPORTE
: O Flamengo voltou ao Rio de Janeiro com a cabeça no Vasco… E no
Maracanã. Após o empate sem gols com o Ceará em Fortaleza, pela Primeira Liga,
o time misto rubro-negro desembarcou na manhã desta quinta-feira no Aeroporto
do Galeão e virou a chave para a semifinal da Taça Guanabara contra o
arquirrival, neste sábado em Volta Redonda (RJ). Mas os jogadores não
esconderam a alegria no rosto com a notícia da reabertura do Maior do Mundo na
última quarta. Lá, o clube vai estrear na Taça Libertadores da América, contra
o San Lorenzo, da Argentina, no dia 8 de março, e quem sabe também jogar no
estádio se passar para a final do primeiro turno do Campeonato Carioca.

– A
gente fica feliz de ter conseguido isso até o nosso estádio estar sendo
terminado na Ilha do Governador. Sendo Maracanã melhor ainda, casa cheia, vamos
dar o nosso melhor para buscar todos os títulos esses anos – vibrou Muralha,
único titular da equipe que jogou no Castelão.
Outro
jogador empolgado para reencontrar o Maracanã é Felipe Vizeu. O jovem atacante,
de apenas 19 anos, vive sua segunda temporada como profissional e já sentiu o
gostinho de atuar no estádio durante 2016. Agora, espera voltar, seja pela
Libertadores ou pela estadual.

– A
nação sempre nos apoia em qualquer lugar, no Maracanã não vai ser diferente.
Com certeza é o maior peso, é arrepiante toda vez que entro no Maracanã. Sabemos
como vai estar, vai ser muito emocionante para mim.
A
última partida da equipe no Maracanã foi em novembro, diante do Santos. Desde
então, o estádio está fora de operação. Além disso, vive um imbróglio para
decidir quem será o próximo consórcio responsável pela gestão. Sobre a Arena da
Ilha, o Fla afirma que as obras seguem em estágio avançado e que a liberação
para uso deve acontecer em breve. O clube reforma o estádio desde os primeiros
dias do ano e deve utilizar ao longo da temporada.
Os
titulares do Flamengo treinam na tarde desta quinta-feira, no Ninho do Urubu,
mas com portões fechados e sem entrevista coletiva. Na atividade, o técnico Zé
Ricardo começará a esboçar a equipe para enfrentar o Vasco neste sábado, às 17h
(de Brasília), no Raulino de Oliveira. Por ter a melhor campanha, o Rubro-Negro
joga pelo empate para chegar à decisão do turno contra Fluminense ou Madureira.

COMENTÁRIOS: