José Neto destaca desempenho do Flamengo contra o Mogi.

15
Foto: Staff Images/Flamengo

GARRAFÃO RUBRO-NEGRO: Por Enéas Lima

Em uma
edição de Novo Basquete Brasil, a vitória diante de um adversário direto pelas
primeiras posições acaba ganhando muita importância.  Em entrevista ao Garrafão Rubro-Negro, o
técnico José Neto enalteceu o resultado positivo do Flamengo contra a equipe do
Mogi das Cruzes e o equilíbrio dos jogos da competição.
– O
campeonato está sendo assim. Foi assim contra Mogi e contra todas as equipes
que a gente jogou. E o espirito de a gente querer vencer, marca demais para a
gente. E é isso que a gente está buscando e isso que iremos trabalhar mais no
dia a dia para que em momentos decisivos como o jogo contra Mogi no último
quarto, a gente tenha condições de decidir a partida.
José
Neto analisou o retorno de Ricardo Fischer ao time e destacou que não viu
ansiedade no armador.
– Eu
não diria ansiedade, eu vi uma vontade muito grande dele em querer voltar e
jogar.  E voltar a jogar com consistência
e foi isso que ele fez. Ele é um jogador que pode ajudar demais a gente a
conseguir atingir os nossos objetivos. Ele ainda está fora de ritmo, só treinou
em duas oportunidades com a gente. Sendo que uma foi muito tático, praticamente
parado. Aos poucos ele vai ganhando ritmo e ajudar a equipe a ficar ainda mais
forte em busca dos nossos objetivos.
O
treinador falou do perigoso time de Campo Mourão,próximo adversário, que tem se
destacado por vitórias importantes fora de casa.


Primeiramente se a gente achar o que fizemos contra Mogi está bom e esquecer o
Campo Mourão, sofremos o risco de perder o jogo. Campo Mourão é uma das equipes
que mais conseguiu vitórias fora de casa e isso contra equipes que estavam a
frente deles na classificação.  Não
podemos desprezar.  Temos que estar atentos
e preparados para isso.  Temos que fazer
alguns ajustes táticos e essa partida é importante para a nossa classificação.

COMENTÁRIOS: