Juiz convoca reunião nesta quarta para rediscutir torcida única.

18
Foto: Getty Images

ESPN: A
indefinição sobre o local da partida entre Flamengo e Vasco, pela semifinal da
Taça Guanabara, deve acabar no começo da tarde desta quarta-feira. O juiz
Guilherme Schilling Pollo Duarte, do Juizado Especial do Torcedor e dos Grandes
Eventos, e responsável pela liminar que determinou torcida única em jogos no
Rio, convocou para às 13 horas desta quarta uma audiência no Fórum Central do
Rio. Representantes de Flamengo, Vasco, Fluminense, Botafogo, Ferj, Ministério
Público, CBF e Polícia Militar estarão na audiência especial solicitada.

“Designo
audiência especial para o dia 22/02/2017, às 13:00 horas, que será realizada na
Av. Erasmo Braga, nº 115, Lamina II, 3º andar, sala 301, Centro, Rio de
Janeiro. Intime-se com a máxima urgência, o Ministério Público, através da
Promotoria com atribuição no feito, todos os réus, bem como o Chefe Estado
Maior Geral da PMERJ e Comandante do GEP. Intime-se, com a máxima urgência pelo
OJA de Plantão”, afirma o despacho do juiz.
A
decisão do juiz ocorreu horas depois de que os presidentes de Flamengo, Fluminense
e Vasco, além da Ferj, pediram que a liminar que determina a presença de
torcida única nos clássicos fosse reconsiderada. Vasco e Flamengo desejam que o
clássico ocorra no estádio Nilton Santos e com a presença das duas torcidas.
Na
última segunda-feira, a Ferj tinha anunciado que o clássico iria ocorrer em
Juiz de Fora. Mas não houve acordo, uma vez que a prefeitura da cidade mineira
vetou o jogo por questões de segurança.
Com a
proximidade da partida, os clubes insistem na possibilidade de atuar no estádio
Nilton Santos, e com torcida mista. A esperança é que o juiz reconsidere a
decisão tomada (de torcida única) nesta quarta-feira. Com a indefinição, a
outra semifinal, entre Fluminense e Madureira, também não possui local
determinado.

COMENTÁRIOS: