Maracanã será a primeira opção do Flamengo na Libertadores.

36
Foto: Staff Images / Flamengo

EXTRA
GLOBO
: A diretoria do Flamengo conseguiu, nos últimos dias, um acordo para a
realização do jogo de estreia da Libertadores no Maracanã. Além da partida
contra o San Lorenzo, no dia oito de março, o clube planeja ainda enfrentar os
adversários da primeira fase no estádio. No dia 12 de abril, ainda sem rival
definido, e e no dia três de maio contra a Universidad Católica do Chile. A
prioridade na competição é jogar no Rio, e o Maracanã é a opção um.

– Pra
jogos expressivos sim. Vai depender se estará disponível — disse Fred Luz,
diretor-geral do Flamengo e um dos líderes do resgate do estádio.
Embora
tenha cogitado outras alternativas, o Flamengo informou à Conmebol que a
primeira opção é o Maracanã e a segunda a Arena da Ilha, que ainda não estará
pronta para a estreia. Brasília não estará na Libertadores, diferentemente do
que informou o EXTRA nesta quarta-feira.
A
definição sobre o estádio da estreia na competição sul-americana, no entanto,
gerou apreensão nos bastidores do clube. Poucos dirigentes trataram nos últimos
dias a utilização do Maracanã. Havia, sim, expectativa de atuar fora do Rio.
Mas a diretoria conseguiu acertar um acordo pontual com a concessionária, o que
pode acontecer nas rodadas seguintes no Rio.
A
Ilha, que ainda não tem refletores, caminha com a obra para ser entregue com
conforto e segurança, agora sem tanta pressa. A ideia é usar a arena em jogos
menores, sem tanta importância. Os grandes clássicos seriam no Maracanã, ao
longo do ano. O departamento de futebol recebeu a notícia aliviado e espera não
precisar viajar tanto.

Temos compromisso com atletas e torcida, e vamos privilegiar os jogos no Rio.
Toda vez que puder jogar no Maracanã, é um brinde que damos à torcida e ao Rio.
O Flamengo é o grande motor que vai permitir a continuidade do estádio do
Maracanã – garantiu Fred Luz.
Para
que possa jogar no Maracanã sempre, o Flamengo vai arcar com custos de
manutenção do gramado e áreas de circulação. A conta vai ser alta. Mas o clube
entende como investimento esportivo em ano de Libertadores.

COMENTÁRIOS: