“O foco é sempre o próximo jogo” diz técnico do Flamengo.

16
Foto: Murilo Amadei/LSB

GLOBO
ESPORTE
: Brigando pela liderança, série de
quatro vitórias seguidas e com o
elenco praticamente completo. Esse é o momento do Flamengo no Novo Basquete
Brasil. Apesar da empolgação e a possibilidade de fechar a fase de
classificação na liderança, o técnico José Neto, acredita que a partida desta
quinta, contra o Paulistano, precisa ser o foco do time


Claro que nós queremos estar entre os quatro primeiros, essa é uma primeira
meta, pra que a gente possa ter uma semana e não jogar a primeira fase dos
playoffs, para poder treinar e preparar pro restante. A gente vai buscando isso
a cada partida, como eu falo pra eles, cada jogo vale não só uma vitória, mas
vale a posição, nos manter entre os quatro primeiros, pra que a gente tenha
depois o foco nos playoffs. Por isso, a gente foca sempre o próximo jogo, é
importante demais essa partida contra o Paulistano, pra poder continuar
mantendo as primeiras posições e ficar próximo do nosso objetivo – afirmou o
técnico.
Com
muitos problemas de lesão na temporada, o treinador também comemora o elenco
praticamente completo, já que ainda falta a volta do armador Humberto, e espera
que todos os jogadores cheguem ao seu nível de jogo o mais rápido possível.
– A
gente está completo de jogadores, ainda falta o Humberto que está voltando, mas
ainda falta muito para gente ter o nosso time com todos os jogadores jogando no
nível que eles podem jogar coletivamente. A gente vem numa crescente, num ritmo
bom, os treinos estão servindo bastante pra ganhar esse ritmo e agora é focar
no próximo jogo – disse Neto.
Com
a vitória, o Flamengo chegou à liderança provisória do NBB, com 16 vitórias em
21 jogos (76,2% de aproveitamento). O Brasília, com quem o Rubro-Negro disputa
a posição ponto a ponto, joga nesta quarta-feira contra o Pinheiros, fora de
casa, e, se vencer, reassume o topo da classificação. O Flamengo volta à quadra
na quinta-feira, quando encara o Paulistano, às 19h30, no Ginásio Antônio Prado
Jr., em São Paulo.

COMENTÁRIOS: