Presidente do Flamengo critica poder de voto de clubes pequenos.

12
Senador Eunício Oliveira recebe camisa do Flamengo de Eduardo Bandeira de Mello – Foto Lula Marques/Agência PT

LANCE:
O presidente do Flamengo, Eduardo Bandeira de Mello, teve na manhã desta sexta-feira
uma reunião com o prefeito do Rio, Marcelo Crivella. O motivo do encontro foi
para abordar o destino da propriedade do Flamengo no Morro da Viúva. Crivella
teve um encontro com os quatro grandes do Rio antes da eleição. Está nos planos
um reencontro, agora que o ex-senador assumiu a gestão municipal.

Bandeira
precisou sair um pouco acelerado de uma palestra na FGV para se encontrar com
Crivella. Na apresentação, o presidente do Fla falou sobre governança e deu uma
alfinetadinha no novo regulamento de licenças da CBF.
– Quem
viu o processo de licenciamento talvez tenha ficado um pouco decepcionado,
principalmente na parte financeira. Eu sou uma dessas pessoas. Mas como começo
isso pode ser um primeiro passo – analisou.
O
clima na palestra deu uma esquentada após Bandeira criticar o poder de voto de
clubes amadores e ligas na assembleia da Ferj. Um dirigente de clube amador se
manifestou e disse que o dirigente Rubro-Negro não tinha sido ético. O
presidente do Fla rebateu:
– Não
posso aceitar que os clubes amadores tenham poder semelhante aos clubes de
maior torcida no futebol. É a minha opinião.

COMENTÁRIOS: