“Quero que vire nossa casa”, diz volante do Flamengo sobre Maraca.

20
Foto: Bruno Giufrida / GloboEsporte.com

GLOBO
ESPORTE
: Clássico atrás de clássico, chance de título e estreia na Libertadores.
Com a agenda cheia, e boa dose de responsabilidade, o volante Willian Arão
falou, na manhã desta terça-feira, após treino no Ninho do Urubu, sobre os
próximos compromissos. Mais que isso. Falou sobre o sonho – não só dele – de
fazer o clássico contra o Fluminense no domingo no Maracanã. A partida, válida
pela final da Taça Guanabara, ainda não tem local definido.


Estamos falando de Campeonato Carioca. Acho que não é só a minha a vontade de
que o jogo seja no Rio de Janeiro, com estádio lotado. Precisamos de grandes
públicos. A minha vontade é de que seja no Rio, mas isso, obviamente, foge do
meu querer. Eu e outros jogadores gostaríamos muito disso. Por ser uma final,
tinha que ser num estádio grande, com grande público, que comporte esse grande
clássico.
O que
mais anima Arão, porém, é a possibilidade de o Maracanã virar a casa do
Flamengo no restante da temporada – não apenas em um ou outro jogo.

Desde criança eu via o Flamengo no Maracanã, com a torcida empurrando. Não
quero que seja só um jogo. quero que vire a nossa casa. Espero ter essa
oportunidade.
O jogo
de domingo, pela decisão do título, coloca frente a frente o melhor ataque
(Flamengo) e a melhor defesa (Fluminense) do Campeonato Carioca de 2016.
Questionado sobre o embate, o volante riu e votou pelo ataque rubro-negro.
– Tô
ali no meio. Não posso pender nem para um lado, nem para o outro. Mas fazer gol
é o momento mais marcante do futebol. Quem faz gol vence, então acho que
escolho isso.

COMENTÁRIOS: